Saiba Agora Como Estar Em Dia Com O Fisco Federal E Como Evitar Prejuizos Para O Seu Negocio Blog - Nacional Contabilidade

Fiscalização Federal: 3 Formas comprovadas de evitar dor de cabeça com o FISCO

Entenda agora o que fazer para evitar problemas relacionados à fiscalização federal de tributos em sua empresa!

Cuidado! Não estar preparado para a fiscalização federal pode trazer sérios problemas para o seu negócio. Leia o artigo que preparamos e saiba mais.

Para não ser pego de surpresa em uma fiscalização federal, é imprescindível que a empresa tenha um calendário fiscal.

Somado a isso, é fundamental que ela realize auditorias periodicamente e que contrate uma empresa especializada em contabilidade, já que o sistema tributário do país é complexo e exige total atenção dos empreendimentos.

Eventuais falhas podem gerar multas altíssimas e, em casos mais graves, até mesmo a suspensão dos alvarás de funcionamento. 

Para te ajudar, levantamos as principais práticas que precisam ser adotadas para evitar riscos.

Elas vão te ajudar a gerir seu negócio de forma saudável e rentável.

Vamos lá? 

Entenda os principais problemas levantados em uma fiscalização federal e as dicas para evitá-los

Veja os principais erros que as empresas cometem e que podem gerar complicações em uma possível fiscalização federal:

  • Interpretação equivocada ou descumprimento às leis e às diretrizes que regem os procedimentos contábeis;
  • Desorganização do arquivo de notas fiscais;
  • Não utilização de sistemas de gestão tributária;
  • Não se preparar para receber o fisco;
  • Não recolher tributos;
  • Erros na codificação de mercadorias e no pagamento de tributos.

​Depois de conhecer esses detalhes importantes, você vai conferir as dicas para evitar esses e outros problemas fiscais.

Confira:

1- Tenha um calendário fiscal

Estar atento às datas de cumprimento das obrigações fiscais é fundamental para não deixar passar os prazos de pagamento.

Essas responsabilidades precisam seguir o calendário (previamente estabelecido pela Receita Federal e pela Secretaria da Fazenda local).

Para estar sempre em dia com as despesas, monte um calendário com todas as datas e compartilhe com a equipe responsável.

2- Faça auditorias internas regularmente

É possível evitar problemas com a fiscalização federal, mas, para isso, eles precisam ser identificados e solucionados com antecedência. 

E é neste momento que as auditorias têm um papel imprescindível. Elas precisam estar atentas às questões contábeis, fiscais e trabalhistas.

Além de evitar sanções futuras, esse processo facilita o levantamento de informações fundamentais para a lucratividade da empresa.

3- Contrate uma empresa de contabilidade especializada

A presença de um profissional de contabilidade é importante no que se refere ao auxílio às questões tributárias e mantém a organização fiscal dos negócios.

Uma empresa especializada em contabilidade vai te ajudar a garantir que suas ações estão de acordo com as diretrizes fiscais e tributárias.

Contudo, é importante contar com profissionais que possuem amplo conhecimento na área e que se atualizam frequentemente.

Além das orientações acima, você precisa, ainda:

    • Manter a equipe atualizada – isso devido às rápidas mudanças na legislação;
  • Fazer denúncias espontâneas em caso de erros para evitar multas;
  • Buscar ajuda tecnológica para otimizar os processos;
  • Entender a diferença entre elisão (prática legal) e evasão fiscal (prática ilegal).

Nacional: damos a você o apoio manter a conformidade legal da sua empresa

Situar-se do cenário atual da empresa e agir rapidamente para corrigir possíveis erros são ações que evitam punições e multas na fiscalização federal.

Os trabalhos preventivos são essenciais e permitem que a empresa funcione dentro das diretrizes legais.

Somado a isso, podem fornecer importantes dados para auxiliá-lo no setor comercial, tornando seu empreendimento mais lucrativo.

Ocorre que, muitas vezes, as empresas precisam de auxílio para desempenhar funções burocráticas, já que o tempo – ou a equipe – é curto. A alternativa é contratar mão de obra terceirizada para a contabilidade.

Escolha bons profissionais ou instituições e fique tranquilo quanto à gestão fiscal do negócio.

ENTRAR EM CONTATO!