Recupere Tudo Que Voce Pagou Mais Ao Governo Nos Ultimos 5 Anos Blog - Nacional Contabilidade

Recuperação de crédito tributário: entenda como realizar

Recuperação de crédito tributário: a melhor chance de ter um caixa rápido na sua empresa

Saiba como garantir a recuperação de crédito tributário e dê fôlego financeiro ao seu negócio

Quando o assunto é empresa e dinheiro, perder não é uma possibilidade que se encaixa! Por isso, a recuperação de crédito tributário é sempre bem-vinda, afinal trata-se de um meio de a sua empresa ter fôlego de caixa de forma rápida e eficaz.

O processo de recuperação de crédito tributário está previsto na legislação tributária; através disso, você pode receber de volta os valores de impostos e dos tributos que foram pagos indevidamente ou em valor maior que o proposto.

Nesse sentido, esse é um ótimo caminho para que a sua empresa tenha um valor no caixa de forma rápida.

Para saber mais, continue a leitura do texto!

Recuperação de crédito e o alívio nas contas

Muitas vezes, por falta de planejamento, as empresas acabam passando por um aperto financeiro muito grande, o que as leva a recorrer a empréstimos.

As razões para isso envolvem problemas na gestão financeira, como também a ocorrência de crises financeiras no país.

Contudo, recorrer a uma recuperação de crédito tributário é uma a solução e alívio para muitas empresas.

A fim de você entender melhor isso, iremos explanar mais sobre esse assunto agora.

O processo de recuperação é realizado de acordo com os valores pagos aos órgãos de arrecadação para quitar as obrigações tributárias.

Para isso, é necessário que aconteça um levantamento dos créditos fiscais para, assim, identificar possíveis valores que são passíveis de recuperação.

Quais impostos geram créditos tributários?

Você pode recuperar os créditos dos seguintes tributos: 

  • PIS
  • CONFINS
  • IRPJ
  • INSS
  • IPI
  • ICMS
  • ISS, e mais alguns outros.

Processo de recuperação de créditos tributários

Para fazer essa recuperação, é preciso que você se atente a tais necessidades: 

  • Uma revisão tributária;
  • Profissionais capacitados e de qualidade.

Dessa forma, um cruzamento de informações e uma busca minuciosa bibliográfica na jurisprudência são realizados, de forma a identificar os créditos.

Nesse viés, depois de realizado todo esse processo, é possível concluir se é possível realizar a recuperação de crédito tributário.

A partir disso, a empresa tem a permissão de apresentar um pedido eletrônico de restituição, de reembolso ou de ressarcimento, além da declaração de compensação. 

Contudo, esse processo pode ser um pouco demorado, devido à análise da Receita Federal.

Portanto, contar com especialistas para fazer esse trabalho é essencial! Afinal, nada melhor do que confiar em quem entende do assunto e com quem sabe como acelerar o processo.

Conclusão

A recuperação de crédito tributário é uma grande ajuda para uma empresa que está passando por um momento delicado financeiramente.

Nesse contexto, recorrer a essa solução é a sua melhor chance de ter um caixa rápido na empresa!

Logo, ir em busca de uma recuperação de crédito evitará que você tenha que ir em busca de um empréstimo, o que poderia acarretar mais dívidas. 

Por isso, contar com uma contabilidade para te ajudar nesse momento é essencial, para que nada seja perdido! Por meio do serviço de profissionais contábeis qualificados, você consegue ter um caixa de forma rápida e de qualidade para a sua empresa.

Optar pela recuperação de crédito tributário é uma ótima opção para conseguir caixa de qualidade e para poder investir mais no seu produto ou serviço!

Garantir a recuperação de crédito tributário e dar fôlego financeiro ao seu negócio

Confira Agora As Consequencias De Nao Contar Com Uma Boa Gestao Fiscal Em Seu Negocio Post (1) - Nacional Contabilidade

Gestão fiscal – quais as consequências de não obter?

Confira agora as consequências de não obter uma boa gestão fiscal

Sem uma gestão fiscal eficiente, sua empresa pode sofrer uma série de consequências perigosas para o seu sucesso

Investir em uma gestão fiscal deve ser uma prioridade para a empresa e não ficar em segundo plano. 

Essa gestão é o percurso mais seguro para você manter as contas de uma empresa em dia e para, como consequência, melhorar a sua saúde financeira.

Por outro lado, sua falta pode ocasionar situações desastrosas e com grande impacto na saúde empresarial.

E, devido à carga tributária complexa brasileira, essa gestão se torna a melhor alternativa para reduzir a carga tributária.

A grande verdade é que esse é um impasse no desenvolvimento de muitas empresas, então continue conosco e saiba mais a seguir!

Consequências de não obter uma gestão fiscal

1- Equívoco na classificação fiscal

A primeira consequência de não ter uma gestão fiscal é você errar na classificação fiscal.

Dessa forma, sua empresa pode pagar mais impostos do que deveria, simplesmente porque a classificação fiscal dos produtos está errada. 

Além disso, você também poderá pagar muito menos impostos e ficar em débito com o  Fisco, o que também é preocupante.

Afinal, as multas decorrentes desse erro podem ser muito caras para o orçamento da empresa. 

Sendo assim, a única forma de garantir que sua empresa pague o valor correto do imposto é classificando o imposto correto para cada produto vendido.

2- Pagamento indevido de impostos

Outra consequência perigosa está relacionada às irregularidades no pagamento de impostos.

Afinal, deixar de pagar impostos em dia é mais perigoso do que se imaginava e pode impedir a empresa de manter contato com o IRS. 

O risco de fazer isso é que, além de multas e de juros sobre impostos pendentes, a empresa também pode ser prejudicada quando tentar obter empréstimos ou investir.

Você poderá usar de normas tributárias desatualizadas, que pode ser um erro aparentemente simples, mas que afeta muito as empresas.

As regras e os regulamentos fiscais estão em constante mudança, o que afeta diretamente o valor da tributação. 

Com uma boa gestão tributária, é possível identificar novos impostos, criar novos impostos e outras alterações. 

Quando esse tipo de gerenciamento precipitado é feito, sua empresa tornará as questões regulatórias obsoletas, arriscando-se ao fracasso e até mesmo incorrendo em perdas.

3- Falta de recolhimento de imposto indireto

O imposto direto refere-se às despesas que constituem o preço do produto, mas não estão incluídas na fatura. 

A falta de gestão fiscal pode deixar de cobrir esses impostos e fazer com que a empresa sofra prejuízos.

Se você pagar impostos indevidamente, poderá ser multado, e os produtos/serviços terão preços incorretos; nessa perspectiva, sua empresa poderá enfrentar sérios problemas financeiros. 

4- As penalidades fiscais

A consequência mais séria da má gestão fiscal diz respeito às penalidades fiscais. 

De acordo com a Lei nº 4.729 de 14 de julho de 1965, o não pagamento de tributos é crime e pode causar alguns transtornos à empresa e a seus proprietários.

Todo cuidado é pouco!

Muitos gestores têm medo do Fisco, o que é correto, pois: 

  1. As questões tributárias do Brasil são muito complicadas;
  2. Multas são aplicadas a pessoas que declararam impostos incorretamente. 

Nesse sentido, deve haver um cuidado minucioso para evitar riscos financeiros, afinal a empresa estará sujeita a sanções administrativas, a multas e a congelamento de certificados que comprovam sua regularidade financeira.

A maioria dos erros é de humanos ou de procedimento, portanto ter uma gestão fiscal é primordial.

Uma contabilidade pode te ajudar!

Então, se você deseja ficar cada vez mais longe dessas consequências, conte com o suporte de uma contabilidade que possa executar uma boa gestão fiscal em seu negócio.

Os profissionais contábeis têm a expertise necessária para realizar as ações que te manterão em dia e, ao mesmo tempo, com um caixa saudável.

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo para encontrar a contabilidade perfeita para o seu negócio!

QUERO OBTER UMA GESTÃO FISCAL EM MINHA EMPRESA

Descubra Agora Como Realizar O Levantamento De Creditos Tributarios E Recupere O Que O Governo Lhe Deve Blog - Nacional Contabilidade

Levantamento de créditos tributários – recupere o que é seu!

Descubra agora por que o levantamento de créditos tributários é essencial para o seu negócio!

Esse processo é fundamental para garantir a saúde financeira e a conformidade da sua empresa

Você sabia que o levantamento de créditos tributários apura se o governo está devendo dinheiro a sua empresa sem ao menos você desconfiar?

O levantamento começa com a seleção do período a ser analisado e com a definição das bases de cálculo dos principais tributos.

Com isso, os procedimentos são revisados com o objetivo de identificar possibilidades de crédito a serem recuperados.

Afinal, uma estrutura tributária mal organizada pode fazer com que sua empresa pague mais em impostos sem necessidade.

Sendo assim, esse levantamento poderá apresentar valores surpreendentes que você paga ao governo sem a menor necessidade.

Quer saber mais? Continue a leitura!

Levantamento de créditos tributários

Você pode até não saber, mas, devido a alguns fatores, é muito comum que algumas empresas acabam pagando muito imposto.

Elas pagam mais impostos do que realmente precisam e acabam gerando créditos tributários. 

No entanto, não há necessidade de se preocupar, pois é perfeitamente possível restaurar esses valores por meio do levantamento de créditos tributários.

Esse levantamento é uma investigação cujo objetivo é verificar:

  • Os impostos que foram pagos em negócios anteriores; 
  • Os impostos que não podem ser pagos;
  • Se existem erros nesses processos.

Esse processo pode identificar oportunidades favoráveis ​​para a empresa, como benefícios ou recursos não utilizados.

Tal cálculo garante um possível retorno financeiro, dependendo da diferença entre o valor pago e o crédito disponível e não utilizado.

Vale ressaltar que esse procedimento não deve ser considerado como de pequeno impacto para a empresa.

Do lado financeiro, você pode reduzir os riscos de multas, de sanções… 

Cálculos realizados durante investigações tributárias e fiscais podem revelar hábitos incorretos de cobrança que podem ter surgido durante as fiscalizações federais. 

Levantamento de créditos tributários – como realizar e vantagens

O levantamento de créditos tributários é uma atividade que envolve a captação e o resgate do crédito tributário acumulado pela empresa ao longo dos anos.

Diante disso, é necessário realizar pesquisas aprofundadas e levantamentos de dados para que seja possível identificar corretamente todos os créditos recuperáveis.

Além disso, vale salientar que é muito importante contar com equipes fiscais e contábeis para realizar essa tarefa. 

Então, para garantir que esses tributos estejam sempre em dia e que as devidas informações enviadas à Receita Federal estejam corretas, é necessário o levantamento de créditos tributários.

Essa etapa é muito relevante, porque sua implantação reduz a carga tributária da empresa. 

A redução da carga tributária ajudará a instituição a melhorar sua competitividade no mercado e a sua própria viabilidade.

Ademais, o dinheiro economizado com impostos pode ser usado para construir um fundo de reserva ou para novos investimentos de crescimento.

Esse processo é fundamental!

O levantamento de créditos tributários se dá quando os contribuintes, as pessoas físicas ou as jurídicas possuem o direito de recuperar impostos pagos indevidamente.

Essa recuperação dos créditos tributários ocorre nas esferas administrativa e judicial. 

A recuperação do crédito tributário é um direito legalmente garantido, e as empresas devem estar atentas a todas as possibilidades. 

Nesse sentido, recuperar crédito é uma forma de otimizar sua situação financeira!

No entanto, cometer erros nesse momento pode causar sérios prejuízos financeiros para o seu negócio…

Uma contabilidade pode te ajudar!

Então, se você quer garantir assertividade no processo de levantamento de créditos tributários e, assim, recuperar o que é seu, conte com o suporte de uma contabilidade!

E nós, da Nacional, podemos te ajudar a encontrar o escritório contábil ideal para você!

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo para descobrir como podemos te ajudar a ter seu dinheiro de volta!

Garantir a saúde financeira e a conformidade da sua empresa

Entenda O Porque De O Planejamento Tributario Ser Indispensal Para A Saude Financeira Do Seu Negocio Blog - Nacional Contabilidade

Planejamento tributário – entenda a importância

Entenda como funciona o planejamento tributário e o porquê de ser crucial para a saúde financeira do seu negócio!

Esclareça suas dúvidas sobre o planejamento tributário e descubra como essa ferramenta pode te auxiliar!

O planejamento tributário atualmente é necessário devido à complexa carga tributária que incide sobre as empresas brasileiras.

Esse planejamento engloba um conjunto de sistemas legais com o objetivo de diminuir o pagamento de tributos.

E mesmo no Simples Nacional, muitas dúvidas surgem na hora de cumprir com as obrigações fiscais – por isso o planejamento é necessário.

E mesmo que você, empresário, saiba que são tantas as regras a serem respeitadas, ficará sujeito a multas caso não planeje o pagamento dos tributos.

Assim, além de contar com um contador, é preciso que você conheça pelo menos o básico.

Diante disso, não perca a leitura deste texto.

Planejamento tributário – afinal, do que se trata?

O planejamento tributário consiste no processo de gestão da receita tributária de uma empresa, bem como no estudo da lei para reduzir a carga tributária de uma empresa.

Assim como os administradores gerenciam estoques, vendas, recursos humanos e outras áreas, o cumprimento das obrigações fiscais também deve ser administrado de forma organizada.

Nos dias de hoje, temos quatro grandes regimes de tributação no Brasil, sendo eles:

  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Arbitrado;
  • Simples Nacional.

A gestão operacional trata-se dos conhecimentos e dos procedimentos básicos estabelecidos em sua empresa para atender a todos os requisitos legais. 

Ou seja, para cumprir a correta escrituração dos processos e o pagamento dos impostos em dia, é necessário incluir essas tarefas na rotina de trabalho e alinhá-las com a equipe de contabilidade.

Já a gestão do planejamento tributário estratégico faz com que, para tornar os planos operacionais possíveis, primeiro seja desenvolvida uma estratégia.

Como funciona na prática?

A fim de que tudo o que mencionamos seja possível na prática, tudo se dará por meio da classificação da empresa no sistema tributário mais conveniente.

Além disso, é preciso ter  compreensão a respeito de outros aspectos específicos de impostos, dependendo da indústria, da estrutura de capital, da localização geográfica, do recrutamento de recursos humanos e outros.

Em outras palavras, ao contrário do que muitos acreditam, o planejamento tributário é mais do que apenas cumprir as obrigações em dia e registrar receitas e despesas em meio eletrônico. 

Isso porque também abrange entender, analisar, pesquisar e verificar todos os formulários fiscais existentes relacionados ao seu negócio. 

Todas as empresas precisam fazer?

É importante lembrar que o planejamento tributário não é exclusividade das grandes empresas.

De pequenas a grandes empresas com subsidiárias no Brasil, todos podem usar o planejamento tributário como uma ferramenta de redução de impostos, simplesmente realizando essa análise e essa gestão tributária.

O que muda é como aplicar esse plano e, independentemente do tamanho da organização, é possível que ela se encaixe em uma dessas duas grandes esferas nas quais a gestão de tributos pode ser aplicada. 

Conclusão

O planejamento tributário é um método em conformidade com a lei que visa reduzir a carga tributária das pessoas jurídicas.

Ou seja, trata-se de um estudo realizado antes da realização do fato gerador e, na maioria dos casos, a escolha deve ser feita entre a escolha do melhor imposto para a empresa.

No entanto, é preciso ter cuidado para não confundir esse tipo de análise com sonegação fiscal, pois o plano é escolher entre duas ou mais opções legais para minimizar os custos tributários. 

Gostou? Entre em contato ainda hoje e conheça nossos serviços.

planejamento tributário para a saúde financeira do seu negócio!