Conheca O Caminho Ideal Para Otimizar Seu Fluxo De Caixa De Forma Eficiente Blog - Nacional Contabilidade

Otimizar seu fluxo de caixa: saiba como

Orientação fiscal é a chave para otimizar seu fluxo de caixa!

Descubra como otimizar seu fluxo de caixa de forma eficiente, ágil e precisa

Você sabe qual a importância do fluxo de caixa para o gerenciamento de uma empresa? 

Otimizar o fluxo de caixa pode não ser uma tarefa tão simples quanto parece, visto que trata-se de um aspecto que vai lidar com o movimento de entradas e de saídas de dinheiro do caixa da sua empresa.

Dessa forma, o objetivo é controlar tudo o que você recebe e o que paga e, para que tudo ocorra bem, é preciso ter registros detalhados de ganhos e de gastos.

Toda essa análise deverá ocorrer diariamente, semanalmente ou mensalmente, oferecendo instrumentos de verificação e análises para o seu negócio.

Afinal, são os pequenos detalhes que fazem toda a diferença no final do mês para sua empresa.

Como otimizar seu fluxo de caixa

O primeiro passo para otimizar seu fluxo de caixa é definir uma frequência de controle.

Esse controle poderá ser feito de forma diária, semanal, quinzenal, mensal, bimestral, semestral e até anual, ficando a seu critério. 

É preciso que você estabeleça essa frequência de acordo com as necessidades da empresa e identificando qual a frequência ideal para fazer esse controle.

Sendo assim, é preciso criar um hábito, registrando com maior frequência no início e diminuindo à medida em que for assegurando que os registros estão sob controle.

Garanta sempre um registro preciso, minucioso e metódico das suas operações, assim, sua otimização do fluxo de caixa funcionará adequadamente como uma ferramenta de controle.

Sempre registre todas as movimentações financeiras para que sirvam bem ao seu propósito e mantenha uma frequência adequada de registro, assegurando a qualidade dos dados inseridos.

Dicas para otimizar o fluxo de caixa

Para otimizar seu fluxo de caixa, todas as movimentações financeiras da sua empresa deverão ser consideradas e registradas, mesmo as que parecem não ter muita relevância.

Confira os itens que devem ser registrados:

  • Recebidos de clientes;
  • Pagamentos de fornecedores;
  • Contas de água, de luz, de telefone e de aluguel;
  • Despesas com pessoal;
  • Impostos.

Além do tipo de despesa e dos valores corretos, fique atento às datas e registre as despesas e os ganhos futuros nas datas em que vão ocorrer.

Sempre confira o saldo disponível no fluxo de caixa com o dinheiro em caixa.

Para otimizar seu fluxo de caixa, seja qual for o valor, é importante registrar todas as movimentações financeiras, sejam entradas ou saídas. 

Sempre separe suas movimentações em categorias, para que seja fácil identificar quais são os principais tipos de gastos e rendas e de onde eles vêm. 

Verifique o fluxo de caixa diariamente e preveja com antecedência qualquer surpresa antes que seja tarde demais, afinal, o fluxo garante que você possa se planejar.

Conclusão 

É extremamente importante, na hora de otimizar seu fluxo de caixa, que todos os dados usados sejam baseados na realidade da empresa e do mercado.

Afinal, não adianta projetar um fluxo de caixa positivo, enquanto o mercado está em baixa.

Se possível, tenha um sistema para gestão financeira, pois um sistema online especializado tornará o controle muito mais dinâmico.

Além disso, ele facilitará e ajudará na hora de analisar a situação da empresa e de planejar o futuro, pois tudo ficará salvo. 

Gostou? Entre em contato ainda hoje e conheça nossos serviços!

Otimizar seu fluxo de caixa

Empresario Entenda Porque Voce Deve Conhecer Bem As Declaracoes Fiscais E Tributarias Blog - Nacional Contabilidade

Declarações fiscais e tributárias – entenda a importância

Entenda a importância de conhecer as declarações fiscais e tributárias a fim de evitar problemas para o seu negócio

Esquecer qualquer uma destas declarações pode gerar um desastre para a sua empresa

Abrir a própria empresa é um sonho comum a um grande número de pessoas que querem a própria independência, mas ter vontade não é o suficiente para abrir, para legalizar e para sustentar uma empresa no mercado.

Para alcançar o sucesso empresarial, é preciso ter muita disciplina, foco e garantir o cumprimento de diversas obrigações fiscais e tributárias exigidas pela legislação brasileira.

Você está disposto a tudo isso em prol da realização do seu sonho?

Então continue a leitura do post e saiba tudo aquilo de que precisa saber sobre declarações fiscais e tributárias.

Tudo aquilo de que você precisa saber sobre declarações fiscais e tributárias

Atender a todas as exigências da Legislação Comercial, do Fisco, do Ministério do Trabalho e da Previdência Social não é uma das tarefas mais fáceis.

Sendo assim, um acompanhamento profissional é fundamental para o desenvolvimento da empresa, já que nem sempre é possível conhecer todas as declarações fiscais e tributárias, bem como acompanhar as constantes mudanças impostas pela legislação.

Dessa forma, o profissional vai auxiliar na elaboração e na execução de um plano orçamentário que facilitará o cumprimento de todas as obrigações.

A fim de que você possa ter ciência da complexidade que é gerir uma empresa, listamos algumas das declarações fiscais e tributárias que farão parte do seu dia a dia:

Livros e SPED Contábil

O livro diário registra as operações diárias da empresa, já o livro razão mostra a movimentação analítica das contas descritas no diário.

Felizmente, hoje em dia é possível que esses lançamentos possam ser apresentados de forma eletrônica pelo SPED Contábil.

IRPJ

Incidente direto da arrecadação das empresas, o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica é recolhido pela Receita Federal.

O IRPJ possui diferentes tipos de tributação, podendo ser Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples Nacional.

DIRF

A Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte serve para que as empresas informem à Receita sobre a retenção e sobre a identificação do beneficiário.

O atraso ou a ausência do envio dessas declarações obrigatórias repercutem na aplicação de multas.

RAIS

A Relação Anual de Informações Sociais fornece ao Ministério do Trabalho informações sobre as relações de trabalho.

A RAIS deve ser entregue anualmente, mesmo que a empresa não possua funcionários, para que o cálculo do pagamento do PIS seja realizado.

CAGED

O Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados tem como finalidade informar ao Ministério do Trabalho todas as movimentações no quadro de funcionários da empresa.

Nessa declaração, devem constar todas as demissões, as admissões e as transferências de funcionários e devem ser mensalmente informadas por meio eletrônico.

Você consegue lidar com as declarações fiscais e trabalhistas sozinho?

Ficou assustado com a quantidade de declarações fiscais e tributárias que devem ser apresentadas aos órgãos regulamentadores?

A intenção não era assustar você, mas sim te deixar ciente da dificuldade que é deixar uma empresa de pé.

Sendo assim, saiba que contar com bons profissionais para melhor te auxiliarem na gestão da sua empresa pode levar sua empresa a conseguir destaque no segmento em que atua.

Afinal, o sucesso de uma empresa depende diretamente das ações assertivas tomadas pelo seu gestor.

A Nacional pode te ajudar!

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco, da Nacional, agora mesmo!

Nossos profissionais altamente qualificados podem te direcionar à contabilidade mais capacitada para cuidar das declarações fiscais e tributárias por você!

Sendo assim, utilize os meios de comunicação disponibilizados em nosso site e fale com um de nossos especialistas agora mesmo!

Estamos te aguardando!

Evitar problemas para o seu negócio

Descubra Agora O Por Que Nao Analisar Suas Transacoes Financeiras Pode Causar Um Grande Desperdicio De Capital Blog (1) - Nacional Contabilidade

Analisar suas transações financeiras – qual a importância?

Descubra agora por que não analisar suas transações financeiras pode causar desperdício de capital

Realizar uma boa análise de suas movimentações financeiras é fundamental para garantir sucesso em seu negócio

Se você quer obter lucro para o seu negócio, então precisa investir tempo para analisar suas transações financeiras. 

Afinal, por meio dos resultados obtidos é possível perceber se a sua empresa está no caminho certo para o sucesso ou se há riscos para o seu negócio. 

Sendo assim, uma boa gestão consiste em tomar decisões que tenham como base a realidade da sua empresa; por isso, analisar os resultados é tão importante. 

Quer aprender mais sobre esse assunto? Então continue lendo o texto abaixo com bastante atenção! 

Analisar suas transações financeiras: conheça 3 benefícios para o seu negócio

Todo gestor precisa de informações atualizadas e consistentes sobre a sua empresa, pois só assim ele conseguirá tomar decisões mais acertadas. 

Em detrimento disso, é importante que uma equipe especializada assuma essa responsabilidade para saber como estão os negócios. 

Afinal, muitos são os benefícios que a ação de analisar suas transações financeiras pode trazer para o seu negócio.

Veja agora os 3 principais e como eles podem trazer resultados satisfatórios:

Aumento dos lucros

Esse é um dos maiores benefícios que podem ser obtidos pelo gestor que toma a iniciativa de analisar suas transações financeiras. 

Os resultados obtidos serão usados para a tomada de decisões mais acertadas, permitindo maior economia e maior crescimento.

Além disso, é possível perceber quando as vendas não estão trazendo os resultados esperados. 

Dessa forma, é possível traçar estratégias que possam aumentar as vendas e consequentemente os lucros. 

Elaboração de um plano estratégico eficaz

A fim de elaborar um plano de ação, é preciso obter informações concretas e atualizadas sobre a real situação do seu negócio. 

Ao analisar suas transações financeiras, você poderá conhecer a realidade do seu negócio e, assim, traçar estratégias eficazes.

Elas terão como base o resultado da análise. Ou seja, se está tudo bem, é hora de pensar em crescimento. 

Se as vendas não estão boas, essa é a oportunidade de traçar estratégias para mudar a situação. 

A eficácia do plano de ação se torna muito maior, uma vez que ele foi baseado nos resultados da análise das transações financeiras. 

Maior controle sobre as finanças da empresa

Um empreendedor que não conhece a real situação das finanças de sua empresa corre o risco de se perder com as contas. 

Os erros mais comuns são:

  • Gastos excessivos;
  • Produção desnecessária;
  • Ausência de um plano de vendas;
  • Dívidas fora do controle;
  • Dificuldade em manter o pagamento dos tributos em dia.

Se esses erros não forem corrigidos o mais rápido possível, a empresa começa a perder sua capacidade de sobrevivência.

O resultado pode ser a dificuldade para manter as contas em dia e consequentemente a falência. 

Não há forma mais eficaz de manter o controle sob as finanças da sua empresa, se não por meio de uma boa análise financeira.

O que você está esperando para analisar suas transações financeiras?

Se você é um gestor, então certamente sabe da necessidade de manter as contas em dia. 

Portanto, analisar suas transações financeiras é o caminho para conseguir informações concretas a fim de tomar decisões. 

Sem contar que se torna possível pensar em estratégias para mudar a realidade do seu negócio, aumentando as vendas e, também, o lucro.

Diante disso, não perca mais tempo, promova a análise das transações financeiras da sua empresa e tenha muito mais tranquilidade para gerir o seu negócio.

Uma contabilidade pode te ajudar nessa tarefa!

Como mencionamos, contar com o suporte de profissionais para realizar essa tarefa é fundamental para obter resultados ainda mais efetivos.

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco, da Nacional, para saber mais sobre as formas como um serviço contábil pode colaborar para o sucesso do seu negócio.

Até logo!

Garantir sucesso em seu negócio

Entenda Como Gerir Suas Transacoes Comerciais De Forma Impecavel Blog - Nacional Contabilidade

Transações comerciais: saiba como ter controle

Transações comerciais: descubra como tomar as rédeas das suas e evitar problemas financeiros!

Confira dicas valiosas para ter máximo controle sobre as suas transações comerciais

As transações comerciais são operações realizadas entre duas ou mais pessoas ou empresas com o objetivo de vender um produto ou um serviço.

Como forma de pagamento pelos bens e pelos serviços, é oferecida uma determinada quantia em dinheiro.

Se você é um empresário, sabe da importância de acompanhar de perto todas as transações do seu negócio para garantir uma gestão eficiente.

Sendo assim, se você quer aprender 3 dicas para assumir o controle de vez das transações comerciais da sua empresa, leia o texto abaixo com bastante atenção para saber mais.

Transações comerciais: 3 dicas para assumir o controle de vez

A fim de manter um controle preciso sobre as transações comerciais, algumas dicas são valiosas, por isso falaremos sobre 3 delas a seguir. 

Assim, você poderá aplicá-las em sua realidade e evitar problemas em seu negócio!

1 – Mantenha o controle sobre todas as vendas

É muito importante que o gestor mantenha um registro de todas as suas transações comerciais. 

Essa é uma forma de identificar as despesas e também o lucro de suas vendas.

Em detrimento disso, tenha o cuidado de fazer os seguintes registros:

  • Vendas efetuadas; 
  • Impostos; 
  • Dados do cliente; 
  • Valor;
  • Formas de pagamento. 

Faça os devidos cálculos para saber que as suas transações estão sendo lucrativas. Caso seja negativo, é importante mudar a estratégia. 

Além disso, ao fazer o registro de suas vendas, você consegue mensurar detalhes importantes, tais como a situação do seu estoque. 

Estoque cheio é sinônimo de dinheiro parado; portanto, criar promoções para aumentar as vendas pode ser uma ação bastante lucrativa. 

2 – Conheça bem o seu público-alvo

As transações comerciais só vão lhe trazer os resultados esperados se você, de fato, conhecer o seu público-alvo

Por isso, é importante definir o seu nicho de mercado. Denomina-se nicho o grupo de pessoas com necessidades que ainda não foram completamente atendidas.

Se você conseguir por meio de seu produto ou de seu serviço atender a essa necessidade, há muito mais chances de fidelizar seus clientes. 

No entanto, para oferecer a solução é preciso conhecer as necessidades, os anseios e os hábitos de consumo do seu nicho. 

Invista tempo e recursos para obter essas informações, pois, com certeza, será muito mais fácil criar estratégias de vendas mais eficazes. 

3 – Invista em sua equipe de vendas

O maior patrimônio que uma empresa tem são seus colaboradores, por isso eles merecem total atenção. 

Seja um real motivador do sucesso de sua equipe, acompanhe de perto o desempenho de cada integrante, fique atento às suas necessidades e ofereça capacitação para que todos estejam cada vez mais preparados para as vendas. 

Lembre-se que colaboradores desmotivados e insatisfeitos rendem pouco e podem trazer problemas para a sua empresa, inclusive atendendo mal os clientes, o que resultará diretamente na queda das vendas. 

Conclusão

As 3 dicas apresentadas acima podem parecer simples, no entanto elas fazem parte de uma boa gestão de suas transações comerciais. 

Se você é um líder e quer promover o crescimento do seu negócio, não tem como negar a importância delas. 

Monitorar as vendas, conhecer bem o seu público e investir na sua equipe são iniciativas que vão mudar a realidade da sua empresa. 

Tome as rédeas da situação, assuma de fato o controle e tenha muito mais retorno do que imagina. 

Se precisar de ajuda para manter a gestão contábil e tributária do seu negócio, entre em contato conosco clicando aqui.

Ter controle da suas transações comerciais

Descubra Como A Revisao Fiscal Pode Evitar Prejuizos Financeiros Blog - Nacional Contabilidade

Revisão fiscal: entenda como evitar prejuízos financeiros

Revisão fiscal: nunca mais pague nem um centavo a mais do que você deve!

Entenda como funciona a revisão fiscal e de que forma ela é uma grande aliada do seu financeiro

A revisão fiscal é uma importante ação dentro de uma empresa, sendo capaz de auxiliar a resgatar alguns valores pagos em excesso.

Não há como negar que, no Brasil, ser empreendedor é algo desafiante frente à alta carga tributária vigente. 

Sendo assim, conhecer formas de pagar somente o que é justo é crucial para melhorar o caixa da sua empresa. 

Esse é o principal objetivo da revisão fiscal: reavaliar os impostos já pagos para saber o que pode ser resgatado e rever os que ainda precisam ser pagos. 

Quer aprender mais sobre o assunto? Continue lendo o artigo e confira as informações que preparamos para você.

Revisão fiscal: uma forma de cumprir com as obrigações sem perder dinheiro

A primeira coisa que precisamos evidenciar é que, para fazer a revisão fiscal, é importante contar com uma equipe experiente e com o conhecimento específico para esse tipo de serviço. 

Dessa forma, o primeiro passo será uma análise de todos os impostos que estão sendo pagos pela empresa na atualidade. 

Nessa análise, serão levantadas todas as alíquotas, bem como os valores atuais e dos últimos 5 anos. 

Em seguida, é preciso analisar as regras vigentes no que diz respeito ao pagamento de tributos, verificando se houve alguma mudança. 

De acordo com a legislação vigente, toda empresa pode reavaliar os impostos pagos nos últimos 5 anos e recuperar valores pagos.

Por isso, a revisão fiscal é tão importante, uma vez que permite melhorar mesmo que parcialmente o capital da empresa. 

Demais vantagens da revisão fiscal

Além disso, é possível ainda obter outras vantagens, sendo elas:

  • Obtenção de descontos consideráveis no pagamento dos tributos futuros; 
  • Redução de despesas fixas, contribuindo para maior investimento no negócio;   
  • Maior facilidade na gestão tributária da empresa.

É muito importante que a equipe escolhida para fazer a revisão fiscal dedique-se inteiramente a essa tarefa. 

Pois, além de analisar os impostos pagos, é preciso saber quais mudanças ocorreram na legislação e quais estão vigentes.

Dessa forma, será preciso um estudo detalhado de todos os pagamentos de tributos feitos para que, assim, possa ser verificada a possibilidade de recuperação desses créditos, sempre levando em consideração o prazo máximo de 5 anos. 

É muito importante a contratação de uma equipe especializada para fazer a revisão, uma vez que essa é uma ação muito importante. 

Muito mais que recuperar créditos, ela vai contribuir para que a sua empresa tenha uma boa gestão tributária, evitando o pagamento de encargos inadequados e o aumento das despesas. 

Conclusão

Enfrentar as dificuldades impostas pelo sistema tributário brasileiro é um desafio para todos os gestores. 

Afinal, o pagamento de impostos e de demais obrigações acessórias exige que parte do lucro seja destinado ao fisco. 

Sendo assim, é necessário fazer a revisão fiscal a fim de recuperar créditos e de realizar a devida adequação tributária. 

Dessa forma, sua empresa terá menos despesas e, consequentemente, maior liberdade financeira, possibilitando investimentos que não comprometam a saúde financeira do seu negócio.

Não perca mais tempo, contrate uma equipe especializada na prestação de serviços de revisão fiscal e tenha mais tranquilidade para gerir o seu negócio. 

Entre em contato conosco ainda hoje!

Nunca mais pague nem um centavo a mais do que você deve!

Recupere Tudo Que Voce Pagou Mais Ao Governo Nos Ultimos 5 Anos Blog - Nacional Contabilidade

Recuperação de crédito tributário: entenda como realizar

Recuperação de crédito tributário: a melhor chance de ter um caixa rápido na sua empresa

Saiba como garantir a recuperação de crédito tributário e dê fôlego financeiro ao seu negócio

Quando o assunto é empresa e dinheiro, perder não é uma possibilidade que se encaixa! Por isso, a recuperação de crédito tributário é sempre bem-vinda, afinal trata-se de um meio de a sua empresa ter fôlego de caixa de forma rápida e eficaz.

O processo de recuperação de crédito tributário está previsto na legislação tributária; através disso, você pode receber de volta os valores de impostos e dos tributos que foram pagos indevidamente ou em valor maior que o proposto.

Nesse sentido, esse é um ótimo caminho para que a sua empresa tenha um valor no caixa de forma rápida.

Para saber mais, continue a leitura do texto!

Recuperação de crédito e o alívio nas contas

Muitas vezes, por falta de planejamento, as empresas acabam passando por um aperto financeiro muito grande, o que as leva a recorrer a empréstimos.

As razões para isso envolvem problemas na gestão financeira, como também a ocorrência de crises financeiras no país.

Contudo, recorrer a uma recuperação de crédito tributário é uma a solução e alívio para muitas empresas.

A fim de você entender melhor isso, iremos explanar mais sobre esse assunto agora.

O processo de recuperação é realizado de acordo com os valores pagos aos órgãos de arrecadação para quitar as obrigações tributárias.

Para isso, é necessário que aconteça um levantamento dos créditos fiscais para, assim, identificar possíveis valores que são passíveis de recuperação.

Quais impostos geram créditos tributários?

Você pode recuperar os créditos dos seguintes tributos: 

  • PIS
  • CONFINS
  • IRPJ
  • INSS
  • IPI
  • ICMS
  • ISS, e mais alguns outros.

Processo de recuperação de créditos tributários

Para fazer essa recuperação, é preciso que você se atente a tais necessidades: 

  • Uma revisão tributária;
  • Profissionais capacitados e de qualidade.

Dessa forma, um cruzamento de informações e uma busca minuciosa bibliográfica na jurisprudência são realizados, de forma a identificar os créditos.

Nesse viés, depois de realizado todo esse processo, é possível concluir se é possível realizar a recuperação de crédito tributário.

A partir disso, a empresa tem a permissão de apresentar um pedido eletrônico de restituição, de reembolso ou de ressarcimento, além da declaração de compensação. 

Contudo, esse processo pode ser um pouco demorado, devido à análise da Receita Federal.

Portanto, contar com especialistas para fazer esse trabalho é essencial! Afinal, nada melhor do que confiar em quem entende do assunto e com quem sabe como acelerar o processo.

Conclusão

A recuperação de crédito tributário é uma grande ajuda para uma empresa que está passando por um momento delicado financeiramente.

Nesse contexto, recorrer a essa solução é a sua melhor chance de ter um caixa rápido na empresa!

Logo, ir em busca de uma recuperação de crédito evitará que você tenha que ir em busca de um empréstimo, o que poderia acarretar mais dívidas. 

Por isso, contar com uma contabilidade para te ajudar nesse momento é essencial, para que nada seja perdido! Por meio do serviço de profissionais contábeis qualificados, você consegue ter um caixa de forma rápida e de qualidade para a sua empresa.

Optar pela recuperação de crédito tributário é uma ótima opção para conseguir caixa de qualidade e para poder investir mais no seu produto ou serviço!

Garantir a recuperação de crédito tributário e dar fôlego financeiro ao seu negócio

Descubra Agora Mesmo Como Ter Previsibilidade Financeira Em Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

Previsibilidade financeira – como ter em minha empresa?

Descubra agora mesmo como ter previsibilidade financeira em sua empresa

Prever o futuro da sua empresa é fundamental para garantir segurança financeira e para se destacar no mercado

Pensar em previsibilidade econômica é o mesmo que mostrar que você tem um bom planejamento para a empresa!

De acordo com o conceito de previsibilidade no dicionário, estamos lidando com uma pessoa que trabalha com antecipação, ou seja, que está sempre se preparando para futuras causas.

Dessa forma, a previsibilidade no empreendimento, além de demonstrar o bom planejamento, mostra que existiu uma preocupação em todas as etapas do negócio.

Ou seja, o gestor buscou prever possíveis mudanças no cenário econômico, como também no próprio mercado em que a empresa atua.

Por isso, agora iremos explorar um pouco mais esse tema no decurso do texto, então acompanhe-nos no texto abaixo e saiba um pouco mais do assunto! 

Previsibilidade econômica na sua empresa

Ter uma previsibilidade econômica, como foi dito há pouco, demonstra organização, planejamento e o preparo da empresa ante possíveis imprevistos.

Nesse sentido, essa organização tem capacidade de impulsionar a empresa e os seus projetos, principalmente ao que tange à economia corporativa. 

Então, partindo da premissa que falar do financeiro é pensar no futuro da empresa, ter uma previsibilidade econômica é sinal de boa gestão.

Nesse viés, a falta dela propõe um futuro incerto para a empresa, como também um despreparo para lidar com o seu lado econômico.

Por isso, iremos listar a seguir alguns dos problemas que você terá caso não atue com previsibilidade:

Escolhas inseguras

Tomar decisões sem uma medida de segurança, ou seja, sem a certeza daquilo que será feito irá acarretar problemas financeiros, podendo até mesmo gerar um colapso na empresa.

Repensar metas e objetivos

Repensar as metas e os objetivos com frequência e não saber se foi a escolha correta é um grande problema e pode afetar toda a organização.

Não saber as áreas que podem crescer

Esse é um grande problema, afinal a falta de previsibilidade impede que você saiba quais áreas da sua empresa podem crescer e contribuir com o faturamento da empresa.

Praticando a previsibilidade econômica

Agora que sabemos que a previsibilidade te ajuda a tomar decisões mais assertivas, confira abaixo algumas dicas essenciais para praticá-la:

  • Alinhe as expectativas e as metas da empresa;
  • Identifique as oportunidades;
  • Tenha um planejamento estratégico;
  • Procure garantir uma antecipação de crises;
  • Ofereça um treino aprofundado para os funcionários;
  • Invista na análise SWOT ou PDCA;
  • Não negligencie o relatório.

A previsibilidade econômica está conectada a esses fatores, ou seja, quando cada um desses pontos é bem trabalhado, o resultado é positivo.

A previsibilidade financeira é crucial para o seu sucesso!

Estratégia é tudo para qualquer negócio, principalmente para a sua sobrevivência e, por isso, ter uma boa previsibilidade econômica é importante para o seu negócio.

Ao ter uma visão do futuro da sua empresa, mesmo caso aconteça alguma coisa com o mercado em que você atua, estará muito bem preparado para isso.

Portanto, ter boas estratégias é importante, pois, dessa forma, você pode evitar riscos financeiros para a sua empresa.

Escolhas eficazes e assertivas podem ser tomadas, ajudando no crescimento da sua empresa, como também te colocando na frente dos seus concorrentes!

Afinal, preparo e estratégia é tudo, não é mesmo? Sendo assim, foque nesses pontos e a sua empresa terá sucesso!

Uma contabilidade também pode te ajudar a se manter preparado e no topo!

Por fim, vale mencionar que contar com o suporte de contadores especializados também pode garantir a segurança de que o seu negócio tanto precisa em relação ao seu futuro.

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco, da Nacional, para saber mais do que uma contabilidade pode fazer pela sua empresa!

Estamos apenas te aguardando!

Garanta segurança financeira para sua empresa e para se destacar no mercado

Descubra Agora Como Aumentar O Valor De Mercado Da Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

Aumente o valor de mercado da sua empresa agora mesmo!

Aumente o valor de mercado da sua empresa com nossas dicas poderosas!

Algumas simples ações podem mudar os resultados do seu negócio para melhor!

A fim de que você aumente o valor de mercado da sua empresa, é preciso, além de investir em marketing, ter um serviço de qualidade.

Nesse sentido, ter produtos de qualidade, atendimento de qualidade e um marketing efetivo, é de extrema importância nesse processo.

Esse aumento é uma estratégia excelente para conseguir, também, ótimos investidores para o seu negócio.

Sendo assim, não existe nada mais gratificante para um empreendedor do que ver o seu negócio não apenas crescer, mas ver o valor da sua empresa aumentar.

Dito isso, continue conosco até o fim do artigo, pois iremos lhe dar dicas sobre como aumentar o valor da sua empresa no mercado! 

Aumente o valor de mercado da sua empresa

As estratégias no mundo empresarial são totalmente necessárias, haja vista que são elas que te ajudarão a bater as suas metas e os seus objetivos. 

Nesse sentido, iremos elencar neste artigo algumas estratégias para que você aumente o valor de mercado da sua empresa. 

Porém, crescer o valor de mercado de qualquer empresa não é de uma hora ou de um dia para o outro, muito pelo contrário, exige dedicação e disciplina também.

Em outras palavras, é um verdadeiro desafio, e todos os empreendedores devem estar atentos a isso e aprender a elevar todo o valor de seu negócio.

Afinal, é dessa forma que será possível alcançar os objetivos empresariais da sua empresa, como também lucrar com a sua empresa e aumentar o seu valor de mercado.

Fica a ressalva de que esse processo, como dito há pouco, não é rápido, mas tem um prazo médio e longo, por volta de 6 meses e de 12 meses.

Aumente o valor de mercado da sua empresa com estas dicas

1- Ter um bom controle financeiro

Organização é tudo nesse processo, pois, a fim de que você aumente o valor de mercado da sua empresa, é preciso conhecer suas finanças, ou seja, os valores que entram e que saem. 

Só assim você poderá cortar os gastos desnecessários e, a partir disso, investir com mais qualidade.

2- Ter uma equipe qualificada e engajada com a causa

Essa dica se aplica a todos os negócios, mas deve ter uma atenção maior em relação ao aumento de valor de mercado.

Apenas com uma equipe qualificada e com expertise você pode oferecer um atendimento de qualidade, prestar um serviço com eficiência e ser reconhecida por isso.

3- Reveja os seus valores

Reavaliar o preço do seu produto ou de seu serviço e reajustá-lo é importante após avaliar os custos.

4- Estratégia de marketing

Uma estratégia eficaz atrai clientes, e novos consumidores são sinal de aumento de receita.

5- Overdelivery

Encante o seu cliente e, através disso, fidelize-o! 

Entregar mais do que se pede faz a diferença.

É preciso focar para garantir os resultados esperados!

Em suma, neste texto, você pode ver dicas matadoras que irão te auxiliar, servir de apoio e fazer com que você aumente o valor de mercado da sua empresa. 

Estar atento a essas dicas e aplicá-las fará uma grande diferença no seu negócio e te ajudará a escalar não apenas as suas vendas, mas também o seu valor no mercado.

Essas dicas estão relacionadas não apenas à empresa, mas também aos clientes, porque é através deles que o seu aumento vem de forma exponencial.

Por isso, foque nessas dicas, coloque-as em prática e aumente o valor de mercado da sua empresa.

Uma contabilidade pode te ajudar nessa tarefa!

E é claro que, para que você tenha o tempo necessário para cuidar dessas questões, é preciso contar com o suporte de uma contabilidade.

Afinal, esses profissionais focarão nos seus números e nas suas obrigações e, assim, fornecerão a tranquilidade de que você precisa para que aumente o valor de mercado da sua empresa.

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco, da Nacional, agora mesmo para ser direcionado a uma contabilidade capaz e focada em seu sucesso!

Aumente o valor de mercado da sua empresa

Descuba Agora Porque A Consultoria Pode Ser Considerada Uma Ferramenta De Crescimetno Para Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

Consultoria contábil – entenda como ela pode te ajudar!

Descubra agora como uma consultoria contábil pode te levar ao sucesso!

Ter o suporte adequado ao seu lado é fundamental para garantir bons resultados e conformidade para a sua empresa

Você, empresário, já cogitou implantar em sua empresa uma consultoria contábil?

Ela pode extrair dados contábeis cruciais, de forma que o contador ofereça todas as informações necessárias para o sucesso da sua empresa.

E é por esse motivo que os negócios que contam com esse serviço tendem a crescer bastante.

Além disso, ela é indicada para empresas que estão iniciando o planejamento e a constituição, mas essa consultoria também se aplica a empresas estabelecidas que querem otimizar a questão tributária.

Sendo assim, neste artigo vamos mostrar como a contabilidade pode ser uma ferramenta de crescimento para sua empresa ou comércio, então continue conosco até o final do texto. 

Tenha uma excelente leitura!

Consultoria contábil – a ferramenta do crescimento empresarial

A consultoria contábil é uma boa aliada para os empresários, principalmente porque seu escopo abrange tanto a área tributária da empresa quanto a área contábil. 

Isso faz com que o trabalho contábil não se limite apenas ao processo de contratação e de demissão de funcionários e nem às declarações de imposto de renda, mas, também, que participe ativamente da organização e da gestão financeira, contribuindo para o crescimento saudável das finanças.

Para a empresa, a importância da contabilidade advém também de sua visão de resultados voltada para a rentabilidade de seus clientes.

Veja algumas áreas da consultoria contábil:

  • Diagnóstico tributário e empresarial;
  • Planejamento empresarial;
  • Planejamento tributário;
  • Consultoria tributária em âmbito federal, estadual, previdenciário e municipal;
  • Orientação nas questões fiscais e contábeis em parametrização de softwares corporativos.

Consultoria contábil – o que pode fazer?

Sendo assim, por meio de relatórios específicos, como a demonstração de resultado, você terá uma visão detalhada do desempenho da empresa.

Os contadores têm conhecimentos de fiscalidade, de segurança social e de direito do trabalho, então esse conhecimento permite que seja feito um procedimento básico para capitalizar o sucesso da empresa: o planejamento tributário.

A consultoria contábil também consiste em uma série de procedimentos jurídicos que visam reduzir os custos tributários da empresa.

Além de reduzir impostos, a consultoria visa administrar seus tributos de forma adequada para evitar o pagamento indevido.

Como bem sabemos, os tributos existentes são muito elevados, totalizando cerca de 92 impostos, incluindo COFINS, IRPJ, ICMS, ISS, entre outros. 

Nesse sentido, destaca-se a importância do conhecimento contábil e técnico para a promoção direta do desenvolvimento empresarial, pois, em alguns casos, mesmo para as empresas do Simples Nacional, a elaboração das demonstrações financeiras é fundamental.

Sendo assim, para a gestão financeira da empresa, a contabilidade adiciona algumas ferramentas financeiras básicas, como fluxo de caixa. 

Esse processo envolve o controle das transações financeiras de todas as organizações, como receitas e despesas, juros de investimento e qualquer entrada e saída de valores. 

As vantagens de contar com um consultoria contábil

Com certeza, você, como empresário, está sempre pensando no futuro e, por meio da consultoria contábil, você poderá prever mudanças no mercado, nos gastos, nas receitas e na nova economia. 

Nesse viés, o contador leva o seu olhar para frente e te ajuda a ter o tão desejado sucesso.

Além disso, consultoria contábil agrega valor ao trabalho contábil, tornando-o uma parceira estratégica da organização. 

Isso pode não apenas melhorar a reputação dos profissionais, mas também aumentar a receita de sua empresa e estabelecer relacionamentos de longo prazo com os clientes. 

Conte com o suporte de uma contabilidade agora mesmo!

Portanto, o que você está esperando para contar com o suporte de uma contabilidade que ofereça uma consultoria contábil eficiente?

Com o auxílio da Nacional, você terá ao seu lado os melhores e mais qualificados profissionais, que estão sempre preparados para lhe garantir o sucesso.

Sendo assim, explore os meios de contato disponibilizados em nosso site e fale com um de nossos consultores agora mesmo!

Garantir bons resultados e conformidade para a sua empresa

Confira Agora As Consequencias De Nao Contar Com Uma Boa Gestao Fiscal Em Seu Negocio Post (1) - Nacional Contabilidade

Gestão fiscal – quais as consequências de não obter?

Confira agora as consequências de não obter uma boa gestão fiscal

Sem uma gestão fiscal eficiente, sua empresa pode sofrer uma série de consequências perigosas para o seu sucesso

Investir em uma gestão fiscal deve ser uma prioridade para a empresa e não ficar em segundo plano. 

Essa gestão é o percurso mais seguro para você manter as contas de uma empresa em dia e para, como consequência, melhorar a sua saúde financeira.

Por outro lado, sua falta pode ocasionar situações desastrosas e com grande impacto na saúde empresarial.

E, devido à carga tributária complexa brasileira, essa gestão se torna a melhor alternativa para reduzir a carga tributária.

A grande verdade é que esse é um impasse no desenvolvimento de muitas empresas, então continue conosco e saiba mais a seguir!

Consequências de não obter uma gestão fiscal

1- Equívoco na classificação fiscal

A primeira consequência de não ter uma gestão fiscal é você errar na classificação fiscal.

Dessa forma, sua empresa pode pagar mais impostos do que deveria, simplesmente porque a classificação fiscal dos produtos está errada. 

Além disso, você também poderá pagar muito menos impostos e ficar em débito com o  Fisco, o que também é preocupante.

Afinal, as multas decorrentes desse erro podem ser muito caras para o orçamento da empresa. 

Sendo assim, a única forma de garantir que sua empresa pague o valor correto do imposto é classificando o imposto correto para cada produto vendido.

2- Pagamento indevido de impostos

Outra consequência perigosa está relacionada às irregularidades no pagamento de impostos.

Afinal, deixar de pagar impostos em dia é mais perigoso do que se imaginava e pode impedir a empresa de manter contato com o IRS. 

O risco de fazer isso é que, além de multas e de juros sobre impostos pendentes, a empresa também pode ser prejudicada quando tentar obter empréstimos ou investir.

Você poderá usar de normas tributárias desatualizadas, que pode ser um erro aparentemente simples, mas que afeta muito as empresas.

As regras e os regulamentos fiscais estão em constante mudança, o que afeta diretamente o valor da tributação. 

Com uma boa gestão tributária, é possível identificar novos impostos, criar novos impostos e outras alterações. 

Quando esse tipo de gerenciamento precipitado é feito, sua empresa tornará as questões regulatórias obsoletas, arriscando-se ao fracasso e até mesmo incorrendo em perdas.

3- Falta de recolhimento de imposto indireto

O imposto direto refere-se às despesas que constituem o preço do produto, mas não estão incluídas na fatura. 

A falta de gestão fiscal pode deixar de cobrir esses impostos e fazer com que a empresa sofra prejuízos.

Se você pagar impostos indevidamente, poderá ser multado, e os produtos/serviços terão preços incorretos; nessa perspectiva, sua empresa poderá enfrentar sérios problemas financeiros. 

4- As penalidades fiscais

A consequência mais séria da má gestão fiscal diz respeito às penalidades fiscais. 

De acordo com a Lei nº 4.729 de 14 de julho de 1965, o não pagamento de tributos é crime e pode causar alguns transtornos à empresa e a seus proprietários.

Todo cuidado é pouco!

Muitos gestores têm medo do Fisco, o que é correto, pois: 

  1. As questões tributárias do Brasil são muito complicadas;
  2. Multas são aplicadas a pessoas que declararam impostos incorretamente. 

Nesse sentido, deve haver um cuidado minucioso para evitar riscos financeiros, afinal a empresa estará sujeita a sanções administrativas, a multas e a congelamento de certificados que comprovam sua regularidade financeira.

A maioria dos erros é de humanos ou de procedimento, portanto ter uma gestão fiscal é primordial.

Uma contabilidade pode te ajudar!

Então, se você deseja ficar cada vez mais longe dessas consequências, conte com o suporte de uma contabilidade que possa executar uma boa gestão fiscal em seu negócio.

Os profissionais contábeis têm a expertise necessária para realizar as ações que te manterão em dia e, ao mesmo tempo, com um caixa saudável.

Portanto, não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo para encontrar a contabilidade perfeita para o seu negócio!

QUERO OBTER UMA GESTÃO FISCAL EM MINHA EMPRESA