Descubra Tudo Que O Departamento Pessoal E A Contabilidade Podem Fazer Pela Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

departamento pessoal x contabilidade: tudo o que eles podem fazer por uma empresa

Departamento pessoal x contabilidade: como eles trabalham em conjunto pela sua empresa

O departamento pessoal e a contabilidade estão diretamente ligados ao desempenho das questões burocráticas de sua empresa.

O primeiro é responsável por registrar e por executar procedimentos trabalhistas e direciona-se aos direitos e aos deveres do capital humano.

A contabilidade, por sua vez, é o setor que levanta, compila e decupa todas as informações, inclusive de DP, a fim de informar aos sócios a situação empresarial. Além disso, encarrega-se de informar e de emitir certidões aos órgãos reguladores.

Saiba, aqui, como o departamento pessoal e a contabilidade se integram aos procedimentos de seu empreendimento.

Neste artigo, vamos debater essas atuações. Vamos lá?

Departamento pessoal x contabilidade: do que você precisa saber?

Este artigo tem a finalidade de mostrar a importância do trabalho agregado entre departamento pessoal e contabilidade.

Aqui, você vai entender como ele acontece e qual a sua importância para o bom funcionamento da empresa.

Confira!

1- Qual é a relação existente entre os dois departamentos?

O DP está encarregado de executar todos os procedimentos trabalhistas, sejam eles admissionais ou demissionais.

A ele são atribuídas, ainda, as seguintes atividades:

  • Controle e pagamento de férias;
  • Cálculos salariais;
  • Abono ou desconto de faltas.

O contador, por sua vez, sabe que o seu trabalho consiste em organizar todas as informações da empresa, inclusive as trabalhistas.

Esses setores são grandes aliados nesse sentido, um fornece e o outro organiza as informações a fim de informá-las aos órgãos reguladores.

Dessa forma, departamento pessoal e contabilidade precisam atuar em parceria para manter a empresa nos trilhos.

Quando não há uma força tarefa entre ambos, a engrenagem falha, e os resultados são negativos.

2- Qual a importância da conversa entre departamento pessoal x contabilidade?

Algumas empresas não dispõem do departamento pessoal, logo as atribuições são executadas pelo RH ou mesmo pelo dono.

Entretanto, cabe ao gestor ter um aparato de profissionais contábeis, evitando erros e eventuais problemas trabalhistas.

O ideal é que ambos estejam disponíveis ao empreendimento e que caminhem lado a lado para manter a organização.

Quando o DP encaminha os dados relacionados às questões trabalhistas, já lançados e ordenados, fica mais fácil seguir adiante

Na hora do desligamento de um colaborador, por exemplo, a atuação conjunta é essencial, pois existem apontamentos burocráticos, designados ao departamento contábil e a ações que devem partir do DP.

Nacional, cuidando da sua empresa

A relação departamento pessoal e contabilidade é saudável ao empreendimento e evita a sobrecarga.

Contudo, nem sempre é possível dispor de todos esses profissionais na empresa.

Por isso, muitos gestores optam por contratar empresas terceirizadas que ofereçam soluções contábil e de pessoal.

Essa alternativa é válida e pode gerar inúmeros benefícios, inclusive em relação aos custos do empreendimento.

É necessário investir em profissionais competentes e que vão poder socorrê-lo nos mais variados momentos.

Além de organizar e de gerir suas questões fiscais e trabalhistas, os contadores vão gerar uma série de informações relevantes.

CLIQUE AQUI PARA MAIS INFORMAÇÕES

Descubra Tudo Que O Departamento Pessoal E A Contabilidade Podem Fazer Pela Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

Departamento pessoal x Contabilidade: tudo o que eles podem fazer por uma empresa

Departamento Pessoal x Contabilidade: como eles trabalham em conjunto pela sua empresa

Leia o artigo que preparamos e entenda a relação entre Departamento Pessoal X Contabilidade e como isso repercute em seu negócio.

O Departamento Pessoal X Contabilidade está diretamente ligado ao desempenho das questões burocráticas de sua empresa.

O primeiro é responsável por registrar e executar procedimentos trabalhistas. E direciona-se aos direitos e deveres do capital humano.

A contabilidade, por sua vez, é o setor que levanta, compila e decupa todas as informações, inclusive de DP.

A fim de informar aos sócios a situação empresarial. Além disso, se encarrega de informar e emitir certidões aos órgãos reguladores.

Saiba aqui, como o Departamento Pessoal X Contabilidade se integram nos procedimentos de seu empreendimento.

Neste artigo vamos debater estas atuações. Vamos lá?

Departamento Pessoal X Contabilidade: o que você precisa saber?

Este artigo tem a finalidade de mostrar a importância do trabalho agregado entre Departamento Pessoal X Contabilidade.

Aqui você vai entender como ele acontece e qual a sua importância para o bom funcionamento da empresa.

Confira!

1-Qual é a relação existente entre os dois departamentos?

O DP está encarregado de executar todos os procedimentos trabalhistas, sejam eles admissionais e demissionais.

A ele é atribuído ainda, as seguintes atividades:

  • Controle e pagamento de férias
  • Cálculos salariais
  • Abono ou desconto de faltas

Entre outros.

E o contador, por sua vez, sabe que o seu trabalho consiste em organizar todas as informações da empresa.

Inclusive as trabalhistas.

Estes setores são grandes aliados neste sentido, um fornece e o outro organiza as informações. A fim de informá-las aos órgãos reguladores.

Dessa forma, o Departamento Pessoal X Contabilidade precisam atuar em parceria para manter a empresa nos trilhos.

Quando não há uma força tarefa entre ambos, a engrenagem falha e os resultados são negativos.

2- Qual a importância da conversa entre Departamento Pessoal X Contabilidade?

Algumas empresas não dispõem do Departamento Pessoal, as atribuições são executadas pelo RH, ou mesmo pelo dono.

Mas cabe ao gestor ter um aparato de profissionais contábeis, que se encarregam de acumular as funções.

Evitando erros e eventuais problemas trabalhistas.

O ideal é que ambos estejam disponíveis ao empreendimento e caminhem lado a lado para manter a organização.

Quando o DP encaminha os dados relacionados às questões trabalhistas, já lançados e ordenados, fica mais fácil seguir adiante.

Agora, com as funções do contador. Caso contrário os profissionais contábeis se encarregam das duas atribuições.

Na hora do desligamento de um colaborador, por exemplo, a atuação conjunta é essencial.

Pois existem apontamentos burocráticos, designados ao departamento contábil e ações que devem partir do DP.

Nacional Contabilidade: soluções completas para sua empresa ir além

A relação Departamento Pessoal X Contabilidade é saudável ao empreendimento e evita a sobrecarga.

Contudo, nem sempre é possível dispor de todos estes profissionais na empresa.

Por isso, muitos gestores optam por contratar empresas terceirizadas que ofereçam soluções contábil e de pessoal.

Esta alternativa é válida e pode gerar inúmeros benefícios. Inclusive nos custos do empreendimento.

É necessário investir em profissionais competentes e que vão poder socorrê-lo nos mais variados momentos.

Além de organizar e gerir suas questões fiscais e trabalhistas, os contadores vão gerar uma série de informações relevantes.

Quem vai ajudá-lo a traçar as melhores estratégias comerciais.

E nós, da Nacional, podemos ajudar a você facilitar a conformidade trabalhista e previdenciária do seu negócio.

Quer saber como? Clique no link abaixo e converse com um de nossos especialistas!

Preciso de suporte especializado!

Contabilidade Comercial Entenda A Imporatncia Para A Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

Entenda o que é a contabilidade comercial e quais são os benefícios

Fique por dentro da Contabilidade Comercial

Você sabe o que é uma contabilidade comercial? Aprenda sobre ela lendo o nosso texto!

O‌ ‌meio‌ ‌contábil‌ ‌possui ‌várias‌ ‌especialidades,‌ ‌uma‌ ‌delas‌ ‌é‌ ‌a‌ ‌‌contabilidade‌ comercial.‌ ‌

Ela‌ ‌refere-se‌ ‌ao‌ ‌controle‌ ‌comercial‌ ‌de‌ ‌um‌ ‌empreendimento e abrange‌ ‌principalmente‌ ‌as‌ ‌transações‌ ‌de‌ ‌compra‌ ‌e‌ ‌de venda‌ ‌de‌ ‌mercadorias.‌ ‌

A‌ ‌atividade‌ ‌contábil‌ ‌em‌ ‌si ‌se‌ ‌encarrega‌ ‌de‌ ‌organizar‌ ‌as‌ ‌informações‌ ‌e‌ ‌de informá-las‌ aos‌ órgãos‌ ‌reguladores.‌ ‌

Dessa‌ ‌forma,‌ ‌as‌ ‌empresas‌ ‌mantêm‌ ‌seus‌ ‌procedimentos‌ ‌em‌ ‌dia‌ ‌e‌ ‌mantêm‌ ‌o‌ ‌pleno‌ conhecimento‌ ‌do‌ ‌seu‌ ‌cenário‌ ‌financeiro.‌ ‌

Neste‌ ‌artigo,‌ ‌vamos‌ ‌te‌ ‌ajudar‌ ‌a‌ ‌entender‌ ‌a‌ ‌importância‌ ‌da‌ ‌‌contabilidade‌ ‌comercial‌‌ ‌e‌ ‌suas‌ ‌aplicabilidades.‌ ‌

Convidamos‌ você ‌a‌ ‌ficar‌ ‌por‌ ‌aqui‌ ‌até‌ ‌o‌ ‌final.‌ ‌Boa‌ ‌leitura!‌ ‌

Como‌ ‌funciona‌ ‌a‌ ‌contabilidade‌ comercial?‌

A‌ ‌esse‌ ‌departamento‌, ‌cabe‌ ‌o‌ ‌controle ‌e‌ ‌a‌ ‌análise‌ ‌das‌ ‌transações‌ ‌comerciais‌ ‌de‌ ‌uma‌ ‌empresa.‌ ‌

Esse‌ ‌ramo‌ ‌está‌ ‌diretamente‌ ‌ligado‌ ‌a‌ ‌produtos‌-fins‌ ‌- e‌ ‌não‌ ‌à ‌mão‌ ‌de‌ ‌obra.‌ ‌

A‌ ‌contabilidade‌ ‌geral‌ ‌é‌ ‌incumbida‌ ‌das‌ ‌seguintes‌ ‌funções:‌ ‌

  • Controlar‌ ‌o‌ ‌fluxo‌ ‌de‌ ‌caixa‌; ‌
  • Auxiliar‌ ‌o‌ ‌planejamento‌ ‌tributário‌ ‌e‌ ‌financeiro‌;‌
  • Planejamento‌ ‌da‌ ‌rotina‌ ‌de‌ ‌recolhimento‌ ‌de‌ ‌impostos‌; ‌
  • Folha‌ ‌de‌ ‌pagamento.‌ ‌

Já‌ ‌a‌ contabilidade‌ ‌comercial‌, ‌atua‌ ‌diretamente‌ ‌nas‌ ‌seguintes‌ ‌funções:‌ ‌

  • Compra‌ ‌e‌ ‌venda‌ ‌de‌ ‌mercadorias‌; ‌
  • Tributos‌ ‌sobre‌ ‌compras‌ ‌e‌ ‌sobre vendas‌; ‌
  • Estocagem‌ ‌de‌ ‌mercadorias‌; ‌
  • Descontos‌ ‌e‌ ‌abatimentos‌; ‌
  • Devoluções‌ ‌

Abaixo‌, ‌vamos‌ ‌ter‌ ‌acesso‌ ‌a‌ ‌outros‌ ‌questionamentos‌ ‌que‌ ‌envolvem‌ ‌esse ‌ramo.‌

1-‌ ‌Quais‌ ‌são‌ ‌as‌ ‌peculiaridades‌ ‌da‌ contabilidade‌ ‌comercial?‌

Esse‌ ‌departamento‌ ‌é‌ ‌responsável‌ ‌por‌ ‌orientar‌ ‌ao‌ ‌gestor ‌quanto‌ ‌à ‌diminuição‌ ‌de‌ ‌gastos‌ ‌e‌ à ‌dinamização‌ ‌da‌ ‌sua‌ ‌receita.‌ ‌ ‌

É‌ ‌necessário‌ ‌estar‌ ‌atento‌, ‌ainda‌, ‌aos‌ ‌custos‌ ‌adicionais‌ ‌das‌ ‌mercadorias,‌ ‌tanto‌ ‌de‌ ‌estoque quanto‌ ‌de‌ ‌frete.‌ ‌

É‌ ‌fundamental‌ ‌a‌ ‌esse‌ ‌setor‌ ‌ter‌ ‌conhecimento‌ ‌detalhado‌ ‌e‌ ‌auxiliar‌ ‌a‌ ‌otimização‌ ‌dos‌ ‌gastos.‌ ‌

2- Onde‌ ‌se‌ ‌aplica‌ ‌esse‌ ‌ramo‌ ‌contábil?‌

Esse‌ ‌departamento‌ ‌atua‌ ‌diretamente‌ ‌à‌ ‌frente‌ ‌de‌ ‌negócios‌ ‌que‌ ‌lidam‌ ‌com‌ ‌a‌ comercialização‌ ‌de‌ ‌mercadorias.‌ ‌

Independente‌ ‌do‌ ‌porte‌ ‌da‌ ‌empresa‌, ‌é‌ ‌possível‌ ‌se‌ ‌beneficiar‌ ‌da‌ ‌organização‌ ‌que‌ ‌a‌ contabilidade‌ ‌comercial‌ ‌‌oferece.‌ ‌

A‌ ‌atuação‌ ‌não‌ ‌se‌ ‌aplica‌ ‌a‌ ‌empresas‌ ‌voltadas‌ ‌para‌ ‌produção‌ ‌e‌ ‌para serviços, mas ‌diretamente‌ ‌aos‌ ‌comércios‌ ‌varejistas,‌ ‌os‌ ‌quais‌ ‌vendem‌ ‌diretamente‌ ‌ao‌ ‌público‌ ‌final, como‌, ‌por‌ ‌exemplo:‌ ‌

  • Restaurantes;‌ ‌
  • Supermercados;‌ ‌
  • Lojas‌ ‌de‌ ‌roupas;‌ ‌
  • Lojas‌ ‌de‌ ‌eletrodomésticos.‌ ‌

3-‌ ‌Qual‌ ‌a‌ ‌importância‌ ‌da‌ ‌contabilidade‌ ‌para‌ ‌as‌ ‌empresas?‌

O‌ ‌trabalho‌ ‌de‌ ‌um‌ ‌contador‌ ‌não‌ ‌se‌ ‌limita‌ ‌apenas‌ ‌a‌ ‌emitir‌ ‌guias‌ ‌tributárias‌ ‌ou‌ ‌a‌ ‌deduzir‌ ‌impostos.‌ ‌ ‌

Sua‌ ‌atuação‌ ‌passa‌ ‌pelos‌ ‌processos‌ ‌fiscais‌ ‌e‌ ‌tem‌ ‌papel‌ ‌importante‌ ‌na‌ ‌gestão‌ ‌financeira.‌ ‌

Ter‌ ‌esse‌ ‌profissional‌ ‌em‌ ‌sua‌ ‌empresa‌ ‌é‌ ‌uma‌ ‌garantia‌ ‌maior‌ ‌de‌ ‌tranquilidade‌ ‌quanto‌ ‌aos‌ ‌planejamentos‌ ‌e‌ ‌aos custos.‌ ‌

Esse‌ ‌profissional‌ ‌é‌ ‌essencial‌ ‌no‌ ‌controle‌ ‌de‌ ‌tudo‌ ‌o‌ ‌que‌ ‌entra‌ ‌e‌ ‌do‌ ‌que‌ ‌sai‌ ‌de‌ ‌seu‌ ‌negócio,‌ ‌facilitando‌ ‌a‌ ‌gestão.‌ ‌

Nós, da Nacional, trabalhamos para que sua empresa possa crescer e prosperar

O‌ ‌profissional‌ ‌que‌ ‌se‌ ‌dedica‌ ‌à ‌‌contabilidade‌ ‌comercial‌ ‌‌de‌ ‌uma‌ ‌empresa ‌atua‌ ‌como‌ ‌um‌ gestor‌ ‌financeiro, já‌ ‌que‌ ‌a‌ ‌execução‌ ‌de‌ ‌seu‌ ‌trabalho‌ ‌é‌ ‌pautada‌ ‌em‌ ‌números‌ ‌e‌ ‌na‌ ‌otimização‌ ‌dos‌ ‌gastos, que‌ ‌muitas‌ ‌vezes‌ ‌se‌ ‌dão‌ ‌de‌ ‌forma‌ ‌desnecessária – e ‌isso‌ ‌compromete‌ ‌os‌ ‌rendimentos‌ ‌de‌ um‌ ‌empreendimento.‌ ‌

Para‌ ‌evitar‌ ‌que‌ ‌a‌ ‌empresa‌ ‌passe‌ ‌por‌ ‌esse‌ ‌tipo‌ ‌de‌ ‌situação,‌ ‌é‌ ‌viável‌ ‌investir‌ ‌na‌ contratação‌ ‌de‌ ‌um‌ ‌profissional‌ ‌para‌ ‌essa‌ ‌área.‌ ‌

A‌ ‌terceirização‌ ‌pode‌ ‌ser‌ ‌um‌ ‌caminho‌ ‌mais‌ ‌barato‌ ‌e‌ ‌mais‌ ‌eficiente, isso‌ ‌porque ‌as‌ empresas‌ ‌especializadas‌ ‌em‌ ‌contabilidade‌ ‌oferecem‌ ‌variadas‌ ‌soluções.‌ ‌

Convém‌ ‌pensar‌ ‌nessa‌ ‌possibilidade!‌ ‌

Você ainda precisa de alguma informação sobre o assunto? Então entre agora mesmo em contato com a gente!

Contratar um profissional de contabilidade comercial para minha empresa!

Contabilidade Basica Entenda Como Ela Ajuda O Seu Negocio Blog - Nacional Contabilidade

Conheça os benefícios de contar com uma contabilidade básica

Uma contabilidade básica pode salvar a sua empresa

Entenda como uma contabilidade básica impulsiona o desenvolvimento do seu negócio.

Uma contabilidade básica é suficiente para manter sua empresa devidamente regularizada.

Todos os outros setores possuem alguma relação com o departamento contábil.

Diante disso, é possível dizer que a contabilidade é o pulmão de seu negócio.

Afinal de contas, para criar estratégias assertivas, é preciso ter em mãos um controle financeiro eficiente.

Os profissionais dessa área devem se atualizar constantemente, pois as mudanças na lei ocorrem repentinamente.

Neste artigo, vamos te contar como funciona a contabilidade básica e como ela é vital para sua empresa.

Leia este artigo até o final.

Contabilidade básica: entenda sua funcionalidade e sua importância no cenário econômico atual

Entre as atribuições da contabilidade, podemos destacar a capacidade de mensurar os seguintes dados:

  • Financeiros da empresa;
  • Custos;
  • Receitas;
  • Despesas; e mais.

Somado a isso, é papel dos contadores desenvolver análises e repassá-las aos gestores e aos órgãos responsáveis.

Ela – a contabilidade – é uma importante ferramenta de dados e de informações pertinentes que facilitam a criação de estratégias comerciais.

Com uma contabilidade básica, é possível manter o empreendimento organizado e dentro dos parâmetros legais.

Outra funcionalidade desse departamento é o suporte à gestão administrativa de forma geral.

Dentro de uma empresa, os contadores podem se responsabilizar pelas seguintes atividades:

  • Fluxo de caixa;
  • Controle das finanças;
  • Andamento do estoque;
  • DRE;
  • Análise de lucros e de prejuízos;
  • Facilitar o relacionamento da empresa com credores;
  • Executar o Balanço Patrimonial.

Entenda agora os benefícios de uma contabilidade básica à sua empresa!

1- Facilita a tomada de decisões assertivas pelo gerente

As informações repassadas pela contabilidade básica são usadas na análise crítica e no direcionamento estratégico do gestor.

2- A empresa corre menos riscos

Os apontamentos do setor contábil orientam o gestor, por meio de suas análises, a tomadas de decisões acertadas.

Um gestor que não analisa os números corre o risco de comprometer a saúde financeira de seu empreendimento.

3- Redução de custos desnecessários

Os relatórios permitem a identificação de gastos desnecessários e orientam quanto ao corte estratégico deles.

O detalhamento da situação financeira é fundamental para verificar os gargalos.

4- Saúde financeira e econômica

As ações da contabilidade básica podem evitar o fechamento de empresas, sobretudo em período de crise.

Com um planejamento tributário adequado e com uma leitura fiel da situação financeira, é possível se programar, traçando, assim, as estratégias corretas para não sofrer fortes impactos, bem como para sobreviver a eles.

Nacional: produzimos conteúdos que fazem a diferença no seu dia a dia

A contabilidade básica é responsável por levantar dados que ajudem a manter o empreendimento em atividade.

O trabalho deste profissional – o contábil – é essencial para o progresso e para se manter de pé em tempos de crise.

Um contador é, além de um responsável pelos tributos, um aliado da gestão administrativa empresarial.

Sua atuação evita que sanções por atrasos gerem prejuízos aos cofres do empreendimento e dá tranquilidade ao gestor, que poderá dedicar seus esforços ao setor comercial.

Opte por empresas modernas tecnologicamente e que disponham de funcionários qualificados e experientes.

Assim, os seus ganhos não são suprimidos por prejuízos, causados por erros de planejamento interno.

Caso você tenha dúvidas ou precise de mais informações, basta entrar em contato conosco, da Nacional.

Contratar uma contabilidade básica para minha empresa!

Entenda Como Uma Contabilidade Online Ajuda No Progresso Da Sua Empresa Blog - Nacional Contabilidade

Agilize os processos da sua empresa com a Contabilidade Online!

Contabilidade online: opção para quem deseja rapidez, eficiência e informação de fácil acesso

Dentre as mudanças ocorridas no âmbito das profissões na última década, temos o surgimento da contabilidade online. No artigo de hoje, vamos conversar sobre esse assunto e sobre como ela pode ajudar no desenvolvimento da sua empresa.

A tecnologia favorece uma rápida evolução no universo empresarial, a contabilidade online foi um destes feitos.

Desde as grandes invenções às mais simples, todas as atribuições tecnológicas trouxeram grandes contribuições. 

Quem não se adequa às novidades acaba ficando para trás e comprometendo o bom desempenho de seu negócio.

A contabilidade online vem para contribuir nesse sentido, trazendo novas possibilidades que simplifiquem a gestão.

Não há escolha: evoluir é preciso. E as inovações impactam de forma significativa o seu negócio.

Neste artigo, você vai entender como a tecnologia vai favorecer o seu setor contábil. Fique conosco.

Conheça a proposta e os benefícios da contabilidade online

Esse formato contábil foi pensado para tornar o processo de constituição de uma empresa e da sequência dos empreendimentos mais dinâmico.

Somado a isso, esse serviço propõe: 

  • Consolidação de pequenas e de médias empresas;
  • Visualização da importância do custo fixo nos orçamentos.

Abaixo, você vai conhecer os benefícios que vão facilitar sua jornada empreendedora.

Vamos lá?

1- Preço acessível

Essa inovadora forma de fazer negócio veio de uma startup.

Esta plataforma é constituída sob baixo investimento, por isso a sua utilização tem um custo barato.

Vale muito a pena!

2- Praticidade

Esse modelo acaba com a necessidade de impressão de papéis e de relatórios; por meio dele, é possível compilar tudo de forma digital.

A informação não pode esperar – e esse é o modelo mais rápido de obtê-las.

3- Profissionais capacitados

O modelo atende às normas do Conselho Federal de Contabilidade. Dessa forma, é garantida a qualidade no atendimento.

A equipe de contadores estará sempre disponível para prestar suporte, caso necessário.

4- Segurança nas informações

A segurança de seus dados é uma das grandes preocupações da startup. Por isso, a inovação abrange também esse ponto.

O sistema inovador protege suas informações e garante o sigilo.

5- Garantia do cumprimento das obrigações legais

O serviço automatizado diminui consideravelmente as chances de erros.

Dessa maneira, você estará em dia com os prazos para entrega e com os compromissos, não se sujeitando a multas ou a erros humanos.

A organização faz a sua empresa ir bem mais longe.

6- Ateste a melhora na qualidade de seus atendimentos e de seus serviços

Muitas vezes, o gestor precisa focar as estratégias de venda e acaba deixando de lado as obrigações fiscais.

Não deveria, mas acontece.

O indicado é que as empresas terceirizem as atividades burocráticas e tenham mais tempo para focar o comercial.

Nacional: produzimos conteúdo para que a sua gestão possa ser cada vez mais eficiente

A contabilidade online é um meio eficaz de gerir seu negócio com praticidade e com segurança.

E o melhor, os valores da aquisição de tais plataformas são relativamente baixos, o que viabiliza o investimento.

Ter sistemas modernos e mão de obra competentes garante a execução dos processos e é essencial para o seu empreendimento, sobretudo nas áreas: fiscal e contábil. 

Não dedicar atenção a esses departamentos pode ser letal ao seu negócio, mesmo que as vendas estejam se encaminhando bem.

Os juros e as multas que uma má gestão acumula podem consumir lucro e comprometer a saúde financeira da sua empresa.

Você deseja mais informações sobre o assunto? Então entre em contato e fale agora mesmo com um de nossos especialistas!

Contratar uma contabilidade online para auxiliar no desenvolvimento da minha empresa!

Saiba Agora Como Estar Em Dia Com O Fisco Federal E Como Evitar Prejuizos Para O Seu Negocio Blog - Nacional Contabilidade

Fiscalização Federal: 3 Formas comprovadas de evitar dor de cabeça com o FISCO

Entenda agora o que fazer para evitar problemas relacionados à fiscalização federal de tributos em sua empresa!

Cuidado! Não estar preparado para a fiscalização federal pode trazer sérios problemas para o seu negócio. Leia o artigo que preparamos e saiba mais.

Para não ser pego de surpresa em uma fiscalização federal, é imprescindível que a empresa tenha um calendário fiscal.

Somado a isso, é fundamental que ela realize auditorias periodicamente e que contrate uma empresa especializada em contabilidade, já que o sistema tributário do país é complexo e exige total atenção dos empreendimentos.

Eventuais falhas podem gerar multas altíssimas e, em casos mais graves, até mesmo a suspensão dos alvarás de funcionamento. 

Para te ajudar, levantamos as principais práticas que precisam ser adotadas para evitar riscos.

Elas vão te ajudar a gerir seu negócio de forma saudável e rentável.

Vamos lá? 

Entenda os principais problemas levantados em uma fiscalização federal e as dicas para evitá-los

Veja os principais erros que as empresas cometem e que podem gerar complicações em uma possível fiscalização federal:

  • Interpretação equivocada ou descumprimento às leis e às diretrizes que regem os procedimentos contábeis;
  • Desorganização do arquivo de notas fiscais;
  • Não utilização de sistemas de gestão tributária;
  • Não se preparar para receber o fisco;
  • Não recolher tributos;
  • Erros na codificação de mercadorias e no pagamento de tributos.

​Depois de conhecer esses detalhes importantes, você vai conferir as dicas para evitar esses e outros problemas fiscais.

Confira:

1- Tenha um calendário fiscal

Estar atento às datas de cumprimento das obrigações fiscais é fundamental para não deixar passar os prazos de pagamento.

Essas responsabilidades precisam seguir o calendário (previamente estabelecido pela Receita Federal e pela Secretaria da Fazenda local).

Para estar sempre em dia com as despesas, monte um calendário com todas as datas e compartilhe com a equipe responsável.

2- Faça auditorias internas regularmente

É possível evitar problemas com a fiscalização federal, mas, para isso, eles precisam ser identificados e solucionados com antecedência. 

E é neste momento que as auditorias têm um papel imprescindível. Elas precisam estar atentas às questões contábeis, fiscais e trabalhistas.

Além de evitar sanções futuras, esse processo facilita o levantamento de informações fundamentais para a lucratividade da empresa.

3- Contrate uma empresa de contabilidade especializada

A presença de um profissional de contabilidade é importante no que se refere ao auxílio às questões tributárias e mantém a organização fiscal dos negócios.

Uma empresa especializada em contabilidade vai te ajudar a garantir que suas ações estão de acordo com as diretrizes fiscais e tributárias.

Contudo, é importante contar com profissionais que possuem amplo conhecimento na área e que se atualizam frequentemente.

Além das orientações acima, você precisa, ainda:

    • Manter a equipe atualizada – isso devido às rápidas mudanças na legislação;
  • Fazer denúncias espontâneas em caso de erros para evitar multas;
  • Buscar ajuda tecnológica para otimizar os processos;
  • Entender a diferença entre elisão (prática legal) e evasão fiscal (prática ilegal).

Nacional: damos a você o apoio manter a conformidade legal da sua empresa

Situar-se do cenário atual da empresa e agir rapidamente para corrigir possíveis erros são ações que evitam punições e multas na fiscalização federal.

Os trabalhos preventivos são essenciais e permitem que a empresa funcione dentro das diretrizes legais.

Somado a isso, podem fornecer importantes dados para auxiliá-lo no setor comercial, tornando seu empreendimento mais lucrativo.

Ocorre que, muitas vezes, as empresas precisam de auxílio para desempenhar funções burocráticas, já que o tempo – ou a equipe – é curto. A alternativa é contratar mão de obra terceirizada para a contabilidade.

Escolha bons profissionais ou instituições e fique tranquilo quanto à gestão fiscal do negócio.

ENTRAR EM CONTATO!

Saiba Quais Sao As Prncipais Obrigacoes Contabeis De Um Empreendimento Blog - Nacional Contabilidade

Obrigações contábeis: quais são?

Saiba quais são as principais obrigações contábeis de um empreendimento

Conhecer as obrigações contábeis é fundamental para evitar problemas com a legislação e eventuais irregularidades

Ao se pensar em abrir qualquer tipo de empreendimento, ou até mesmo tornar-se gestor de um já existente, é essencial que tenha ciência sobre a existência de algumas exigências a serem cumpridas durante a sua administração.

As obrigações contábeis do empreendedor são exigências que incluem cadastros, tributos, prestação de contas e entrega de declarações.

São, portanto, compromissos comuns para muitas empresas, independente do seu porte ou enquadramento jurídico.

Em meio às exigências comuns, há também as obrigações fiscais e contábeis para as diferentes atividades e regimes tributários.

Dessa maneira, nós, da Nacional Contabilidade, vamos abordar nos próximos tópicos quais são as obrigações contábeis de uma empresa.

Acompanhe!

Obrigações contábeis – atente-se à elas

As obrigações contábeis e fiscais do empreendedor começam desde o processo de abertura e legalização de sua empresa.

Nesse processo, o empreendedor deve fornecer todos os documentos e fazer o pedido de viabilidade de seu empreendimento.

Em seguida, deve escolher o tipo jurídico, fornecer dados específicos e definir o nome e a atividade a ser executada em sua empresa.

Sendo assim, após a obtenção das licenças e alvarás necessários – municipais, estaduais e federais – e com a posse do CNPJ, dá-se início, de forma regular, às atividades diárias.

Dentre as obrigações básicas, estão:

  • SPED Contábil: a Escrituração Contábil Digital tem prazo de envio até 31 de maio. A ECD serve para substituir o Livro Diário, Livros Balancetes Diários, Balanços, entre outros documentos.


Para as empresas enquadradas nos regimes tributários Lucro Real e Presumido, a ECD é obrigatória.

  • Balanço Patrimonial: com exceção dos microempreendedores individuais, todas as empresas precisam entregar o balanço patrimonial anualmente. Além dele, as obrigações fiscais estão associadas às questões contábeis do empreendimento.
  • Emissão de Notas Fiscais: obrigatórias para que o Governo possa identificar o CNPJ responsável pela transação. As NFs são emitidas em negociações de produtos ou serviços – sejam elas referentes à compra ou venda.
  • Escrituração Contábil Fiscal: implementada em 2014, a Escrituração Contábil Fiscal (ECF) é o documento que valida o cumprimento de todas as obrigações tributárias, além de fornecer dados e informações sobre o Imposto de Renda  Pessoa Jurídica e sobre a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.

Entretanto, empresas enquadradas no Simples Nacional não possuem tal obrigação.

  • DEFIS: trata-se da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais. É uma obrigação acessória a qual apenas os optantes pelo Simples Nacional devem cumprir.

Além do mais, existem outras obrigações tributárias e fiscais às quais você, empreendedor, precisa estar atento. São elas:

  • IRPJ;
  • IRRF;
  • DIRF;
  • DCTF; entre outras.

Vale ressaltar que, para facilitar a vida do empreendedor, existem diversos aplicativos de sistemas automatizados que podem ajudá-lo na organização de suas obrigações.

Além disso, contar com profissionais experientes pode ser um diferencial para evitar problemas.

Suporte contábil para auxiliar com as obrigações contábeis

Como podemos notar, as obrigações contábeis e fiscais são cruciais para a regularização de sua empresa. Afinal, o não cumprimento pode ser fatal para o funcionamento e para a realização de suas atividades.

Fato é que manter as obrigações em dia, além de cuidar das demais questões em sua gestão, é de extrema importância.

Dessa maneira, nós, da Nacional Contabilidade, podemos ajudá-lo na organização de sua empresa e cuidar das questões contábeis, enquanto você, empreendedor, foca nas questões referentes à produtividade.

Dispomos de profissionais preparados e experientes, com uma série de estratégias e soluções para atender às suas reais necessidades durante o cotidiano de seu negócio.

Tenha maior segurança, tranquilidade e confiança para tomar as decisões em seu dia a dia!

Conte com a Nacional Contabilidade

Contatar o nosso time de especialistas é bem simples…

Basta clicar no ícone do WhatsApp para ser direcionado ao nosso contato em seu aplicativo e falar com nossos profissionais.

Contratar um contador para estar em dia com as obrigações contábeis!

Entenda Como Funciona E Qual O Impacto Da Taxa Selic No Seu Negocio Blog - Nacional Contabilidade

Taxa Selic: guia para entender como funciona

O que é a Taxa Selic e como ela afeta o seu negócio?

Conheça a Taxa Selic e qual o impacto gerado em sua empresa

Taxa Selic, Sistema Especial de Liquidação e Custódia, é a taxa básica de juros que rege todas as demais.

O mercado financeiro depende do crédito ofertado pelas instituições financeiras para se manter em funcionamento.

Tais instituições, obviamente, escolherão os índices mais vantajosos, sendo que todo investimento disponibilizado é direcionado para o mercado ou para os títulos do governo. 

Essa preferência ou escolha é feita para cada centavo disponibilizado, como uma espécie de leilão: quem pagar mais juros, leva!

Portanto, saiba como as variações da Taxa Selic afetam o seu negócio. Leia mais a seguir!

Taxa Selic: oscilações e efeitos 

Taxa Selic: a cada 45 dias, os membros do Copom se reúnem, decidem, definem e informam o valor mais adequado.

As taxas de juros praticadas no mercado são baseadas nas taxas fixadas pelo governo e os percentuais cobrados sempre estarão acima dos valores informados.

Sendo assim, se o empresário precisa de crédito, quanto mais alta a Taxa Selic, mais altos serão os juros que ele terá de pagar.

As taxas altas levam bancos a esfriar em relação ao mercado, redirecionando o capital e investindo em títulos do governo.

Todos os setores produtivos dependem de uma Taxa Selic sob controle para serem competitivos e alcançarem prioridade de interesses.

Caso o governo queira atrair capital, pode elevar a taxa e, com isso, o mercado terá essa percepção imediatamente. Trata-se de um fator macroeconômico ao qual todos estão sujeitos.

Taxa Selic baixa + receio pelo futuro incerto = taxas de juros elevadas 

Além da oscilação da Taxa Selic, os bancos analisam os riscos de inadimplência, as margens de lucro e os gastos administrativos.

Esses fatores são determinantes para a rotina de negociações, especialmente com as incertezas geradas pela eclosão da pandemia em 2020, na qual os juros não baixaram.

Devido à ausência de garantias, falta aos bancos ânimo para se arriscarem: como os consumidores pagarão suas contas em meio à crise?

  • Desemprego;
  • Falência; 
  • Isolamento social e baixa movimentação;
  • Economia parada.

Todos esses fatores geram insegurança em reflexo ao cenário da crise, deixando todos em estado de alerta.

Desde os primeiros estudos em 1995, não se verificava tamanha intensidade do desejo do brasileiro em economizar.

Em maio, os depósitos superaram as retiradas de aplicação em R$ 37,2 bilhões. A redução do consumo foi sensivelmente sentida. 

Esse é um bom momento para quem deseja renegociar crédito: as instituições têm grande interesse em garantir seus investimentos.

As taxas de juros podem ser reduzidas; convém estar atento!

Conclusão

Não se iluda com o pensamento de que já pagou todos os seus empréstimos e não contratará mais por agora.

Sua empresa pode não precisar de crédito por ora, mas depende do mercado produtivo para negociar.

Produtos e mercadorias podem se tornar escassos frente à falta de meios e investimentos para produzir. A escassez pode se tornar, dessa forma, inevitável. 

Todos são atingidos como resultado do efeito cascata.

É preciso ter em mente que os bancos não são instituições filantrópicas, e onde mais puderem lucrar, aí investirão. 

Em meio à crise e às oscilações da Taxa Selic, a economia pode surpreender o mercado revelando oportunidades.

Alguns setores econômicos, como a alimentação delivery, por exemplo, ou os equipamentos para TI, tornaram-se artigos de primeira necessidade nos últimos tempos.

Em meio à crise, surge também a oportunidade.

O melhor a fazer é não se descuidar, pensar todo investimento, bem como todos os cortes, cuidadosamente.

Precisando saber mais sobre gestão e sobre assuntos como esse, ou desejando consultoria, contate-nos já!

ENTRAR EM CONTATO!

Entenda De Uma Vez Por Todas O Que E A Margem De Contribuicao E Como Calcular Blog (1) - Nacional Contabilidade

Margem de contribuição: entenda como funciona e o cálculo

Você não precisa sofrer para entender a margem de contribuição!

Entenda como lidar com a margem de contribuição da forma adequada, realizando o cálculo corretamente

Compreenda sua margem de contribuição e verifique se sua empresa dá lucro depois de cobrir despesas e custos!

Grande parte dos empreendedores tem dificuldades em determinar sua margem de contribuição na prática e com segurança.

Vejamos alguns conceitos relacionados ao assunto:

Margem: todo o valor capaz de cobrir, ou seja, de abranger seus custos e suas despesas variáveis; a saber, todos os gastos embutidos no produto.

Contribuição: valor de entrada gerado pela negociação de produtos e ou de serviços.

Assim, margem de contribuição é uma espécie de lucro bruto, do qual se deve ainda subtrair custos e despesas variáveis.

Saiba um pouco mais a seguir – basta prosseguir com a leitura, pois vamos analisar todos os pontos importantes.

Descubra a fórmula de composição de sua margem de contribuição

Tomando os componentes a seguir e atribuindo-lhes valores, é possível montar a equação simples para calcular a margem de contribuição.

MC – Margem de Contribuição;

PV – Preço de Venda;

CV – Custo variável do produto;

PV – CV = MC.

Subtraindo custos e despesas variáveis do preço de venda, encontraremos a margem de contribuição.

Obviamente, será necessário atribuir valor a todas as despesas para que os cálculos sejam precisos.

É muito comum o empreendedor ignorar algumas despesas e ter dificuldades em fechar a conta final, ou até mesmo em fechá-la abaixo do real.

Cortar despesas quando possível é estratégia eficaz para aumentar sua margem; ignorá-las, entretanto, é uma cilada. 

Margem de contribuição e o PEO

Após calcular corretamente a margem de contribuição, é importante definir o PEO, ponto de equilíbrio operacional.

O PEO corresponde ao volume de vendas necessário para zerar gastos e a partir do qual você começa a gerar lucros.

A partir do cumprimento dessa primeira meta, é possível estabelecer outras para atingir margens de lucros e crescimento.

Como ampliar sua margem de contribuição e aumentar os lucros? Considere algumas medidas:

  • Reduzir custos;
  • Rever preços;
  • Modernizar-se.

Quando a margem de contribuição for insatisfatória e após zerar gastos o lucro fica comprometido, é preciso reavaliar sua gestão, bem como é importante recorrer a estratégias capazes de gerar sustentabilidade ao negócio.

Para isso, o caminho é avaliar quais medidas poderão gerar impacto positivo, sendo que a primeira medida pode ser considerar a redução de custos, a contenção de desperdícios e o controle dos processos de produção.

Em alguns casos, será necessário reconsiderar os preços praticados. Quando o gestor acompanha a evolução do mercado, consegue impedir a defasagem dos preços e mantê-los competitivos.

Os intervalos adequados pequenos reajustes são bem tolerados, enquanto mudanças abruptas tendem a assustar os clientes.

Por último, a modernização – ou o investimento de tecnologia – pode ser a solução.

Conclusão

O gestor eficiente precisa estar sempre atualizado para simplificar seu trabalho.

Conhecer boas estratégias contábeis e administrativas permite maior controle das operações empresariais.

Para garantir maiores e melhores resultados, a prática diária e o conhecimento são os melhores recursos, por isso saber calcular, monitorar e regular as margens de contribuição se referem a uma exigência mínima nas negociações. 

Perder o controle ou errar nos cálculos pode custar a saúde financeira de seu empreendimento.

Precisando de consultoria para compreender melhor as questões relacionadas à margem de contribuição, nossa equipe está ao seu alcance para assessorá-lo. Contate-nos!

Lidar com a margem de contribuição da forma adequada

Confira Agora O Que Nunca Te Disseram Sobre As Notas Promissorias Blog - Nacional Contabilidade

Notas promissórias – tudo de que você precisa saber!

Entenda agora qual é a importância das notas promissórias para a sua empresa!

Existem documentos que são essenciais para garantir segurança em relações comerciais entre pessoas físicas e jurídicas

As notas promissórias possuem valor judicial e são um poderoso instrumento para garantir segurança no meio comercial.

A grande verdade é que, se as pessoas soubessem o valor legal desse documento, o utilizariam com maior frequência.

Inclusive, para garantir a validade jurídica, é importante saber que alguns cuidados precisam ser tomados ao realizar a solicitação.

Afinal, muitos transtornos podem ser evitados na resolução de problemas por meio de negociações firmadas por esse recurso.

Então, para saber mais sobre a emissão de notas promissórias e sobre o seu uso em transações comerciais, continue conosco neste artigo mais que especial!

Como usar adequadamente notas promissórias?

O primeiro ponto que devemos esclarecer é que, a fim de que as notas promissórias tenham valor legal, alguns critérios devem ser observados. 

Assim, uma nota promissória é um instrumento reconhecido legalmente, emitido por quem se compromete formalmente em uma negociação.

Trata-se de uma promessa de pagamento que, caso não seja cumprida, pode gerar uma Ação de Execução de Título Extrajudicial.

Nesse sentido, na prática, elas são utilizadas em situações de troca, de empréstimos e de vendas a fim de oficializar acordos, sendo passível de ser negociada.

Outras implicações possíveis são o penhor e o leilão de bens que, em caso de pessoa jurídica, há riscos até de falência.

Vale mencionar que seu surgimento remonta à Idade Média e, no Brasil, registros oficiais podem ser encontrados no Código Comercial de 1850.

E infelizmente, por se tratar de um documento de fácil acesso e redação, muitas vezes é tratado com certa banalidade.

Contudo, deve ser preenchido corretamente a fim de gerar um compromisso para o emitente e uma garantia para o beneficiário, podendo ser elaborado conforme os tipos abaixo:

Nota promissória Pro-Soluto

Esse tipo de documento não pode ser utilizado para desfazer o combinado, sendo passível de execução. 

Nesse caso, o credor precisará recorrer às vias judiciais.

Nota promissória Pro-Solvendo

Aqui, a transação só será validada após a quitação da nota em poder do credor. 

Sem isso, o acordo firmado poderá ser anulado, ficando ambos desobrigados e com as questões resolvidas.

Estrutura básica da nota

Para efeito legal, a nota deverá seguir o Decreto nº 2044/1908, que exige a especificação do documento por meio do título Nota Promissória. 

A quantia expressa pela nota deve corresponder ao valor total e, ao emitir uma nota promissória, é importante verificar se ela atende aos seguintes requisitos mínimos:

  • Número e série, exemplo: 01/01, 01/05, 03/10;
  • Vencimento;
  • Valor, expresso em números e por extenso – prevalecendo a especificação por extenso;
  • Cidade e estado para efetivação do pagamento;
  • Beneficiário CPF;
  • Dados do emitente: nome, CPF e endereço completo;
  • 2 testemunhas, com respectivas documentação e assinaturas.

As notas promissórias eletrônicas e outros apontamentos

Atualmente é possível realizar a emissão de notas promissórias até mesmo por meio de sites e sistemas online. 

Nesse caso, as plataformas oferecem um recurso a mais, pois verificam os dados e só concluem quando todas as informações são averiguadas.

Após isso, será gerado um documento em PDF que ficará disponível para impressão – vale lembrar que, no caso das notas emitidas manualmente, é importante observar as informações com rigor.

Isso porque elas precisam ser completas, ou seja, não devem apresentar rasuras ou informações inconsistentes.

Por fim, vale dizer que, devido ao seu reconhecimento legal, esse recurso possui características práticas e é uma simples solução para negociar com segurança e tranquilidade.

A Nacional está aqui para te ajudar!

Caso você ainda tenha algumas dúvidas ou queira conhecer outros meios ágeis, acessíveis e que funcionam bem no universo empresarial, a boa notícia é que podemos te ajudar!

A nossa equipe está preparada para oferecer sempre a melhor assessoria, então não perca mais tempo e entre em contato conosco, da Nacional, agora mesmo!

Notas promissórias para a sua empresa!