ESTA SEM DINHEIRO NO CAIXA DA PEQUENA EMPRESA DESCUBRA O SEGREDO QUE TEM TRAZIDO CAPITAL DE GIRO PARA PEQUENOS NEGOCIOS SEM TER QUE RECORRER A EMPRESTIMOS - POST

Caixa da pequena empresa e recuperação de crédito tributário

Saiba absolutamente tudo sobre o caixa da pequena empresa e sobre a recuperação de crédito tributário

Está sem dinheiro no caixa da pequena empresa?  Descubra o segredo que tem trazido capital de giro para pequenos negócios, isso sem ter que recorrer a empréstimos!

A gestão financeira eficiente de uma empresa dependerá do caixa da pequena empresa e da recuperação de crédito tributário.

Seja qual for seu tamanho e sua atividade, é primordial conseguir manter a empresa funcionando, além de ser essencial, também, proporcionar a ela um crescimento sustentável.

Para esse feito, os gestores devem ficar atentos a uma série de ferramentas, de estratégias e de conceitos que ajudarão você nessa tarefa.

Nesse sentido, uma expressão que merece bastante a sua atenção nesse campo é o “capital de giro”.

Confira, neste artigo, o que significa e quais são os principais erros cometidos ao gerenciá-lo.

Caixa da pequena empresa e recuperação de crédito tributário, veja como funcionam!

Para entendermos o caixa da pequena empresa e a recuperação de crédito tributário, devemos entender, primeiro, o capital de giro.

Trata-se do dinheiro necessário para bancar a continuidade do funcionamento da sua empresa. 

É ele quem garante a saúde financeira da sua empresa, promovendo:

  • Soluções de financiamento aos clientes;
  • Sustento dos estoques;
  • Garantia do pagamento aos fornecedores, além do pagamento de impostos, salários, despesas empresariais e demais custos.

Para que haja um bom caixa da pequena empresa e a recuperação de crédito tributário, identifique e corte gastos.
Dessa forma, você irá encontrar custos que podem ser reduzidos e tomar ações necessárias para cortá-los. 

Nunca deixe de se informar do fluxo de caixa: assim, é possível manter as finanças em dia.

Isto faz com que muitas empresas fechem as portas: a má administração do capital de giro – portanto, é necessário cuidado.

Outra atenção a se ter é em relação à disciplina.
Jamais utilize o caixa da pequena empresa e recuperação de crédito tributário para cobrir alguma despesa.

Ademais, nunca deixe de repor a mesma quantia quando entrar dinheiro em caixa.

Essa ação pode arruinar sua empresa, logo, tenha um bom controle financeiro, reduzindo possíveis riscos no futuro.

Saiba também como negociar com fornecedores e clientes.
Use essa relação com os fornecedores para buscar uma forma de pagamento mais confortável, chegando, assim, a ter um aumento de prazo ou, se à vista o preço ficar mais barato, veja se esse desconto cabe no seu planejamento financeiro.

Em relação aos clientes, busque sempre diminuir os prazos de financiamento, mesmo sendo uma tarefa difícil, uma vez que os concorrentes podem oferecer condições de pagamento melhores que a sua.

Se você deseja mais dinheiro em caixa, procure por financeiras e receba delas os valores que teria somente no futuro.

Fique de olho nas taxas de juros cobradas por esse serviço e veja se realmente vale a pena tal tentativa para o seu negócio.

A recuperação de crédito

A recuperação de crédito pode ser utilizada para dar um fôlego a mais para o caixa de sua pequena empresa, isso porque a recuperação de crédito é uma medida utilizada pelas empresas para cobrar valores acordados e não cumpridos através de negociações diretas realizadas em data anterior. Essa tem sido uma estratégia interessante, mas o processo como é realizado precisa ser acompanhado de perto.

Conclusão

Trazer o capital de giro para caixa da pequena empresa e o processo de recuperação de crédito tributário envolvem diversas ações.

Entre elas, temos o levantamento e o resgate dos créditos tributários acumulados pela empresa no decorrer dos tempos. 

Para isso, é necessário ter um bom planejamento tributário feito a partir de um estudo profundo.

Faça também um levantamento de dados para que você consiga identificar todos os créditos que podem ser recuperados, qualificando-os e quantificando-os.

Administre seu capital de giro adequadamente!

Gostou? Entre em contato ainda hoje e conheça nossos serviços.

Contamos com especialistas capacitados para prestar o melhor atendimento para você! Entre em contato conosco agora mesmo!

QUERO ENTRAR EM CONTATO!

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *